Antena 1 - Home
Imagem Miniatura do Artista: Black

Black

O Black é mais um dos fenômenos pop surgidos na década de 80. No Brasil, a música mais conhecida da banda é 'Wonderful Life', justamente seu maior sucesso. O conjunto foi também um veà­culo poderoso para o lançamento do cantor e compositor inglês, Colin Vearncombe e, convenhamos, o Black já nasceu famoso, a começar pela cidade onde foi formado: Liverpool, no ano de 1980.

Com apenas 16 anos, o là­der, Colin, já fazia parte da banda punk, The Epileptic Tits. A primeira formação do Black, foi Vearncombe e qualquer músico itinerante que topasse "fazer um som" com Colin. Apesar das raà­zes punk, as canções da banda são melodiosas, com uma combinação de instrumentos gostosa de se ouvir.

A primeira incursão comercial com o nome Black foi no LP Human Features, de 1981, lançado pela gravadora Rox Records. Como o disco vendeu bem, assinaram contrato com outro selo, maior, o Eternal Label.



Além dos produtores, o Black agora contava com um baixista, Jimmy Sangster, e um tecladista, Dave Dickie. Nesse clima, foi produzido mais um single, em 1982, 'More Than the Sun'. Com essa música, os Black's assinaram com a poderosa WEA. De gravadora nova e com respaldo suficiente, produziram um terceiro single em 1984, 'Hey Presto', que rendeu até um và­deo-clipe. O và­deo foi divulgado na Inglaterra e no resto Europa, sem muito sucesso e, talvez por isso, a parceiria com a WEA não durou. O grupo se viu novamente sem gravadora.

Depois do episódio, o baxista Dickie, deixou de se apresentar com a banda e saiu a procura de novos rumos. A partir daà­ o Black, passou a ser só Vearncombe e mais um músico, ainda não-fixo. Os próximos 18 meses, foram gastos com pesquisa de novas gravadoras e composições, foi quando o selo Ugly Man, procurou Vearncombe, e desta nova empreitada surgiu o maior sucesso do grupo, a balada 'Wonderful Life'.

Em 1987, a música figurou no Top Ten inglês, simultaneamente com outro hit da banda, 'Sweetest Smile'. Ambas as músicas foram sucessos mundiais, a crà­tica paparicou a banda, e em consequência, as vendas subiram significativamente.

A dupla resolveu mudar novamente de selo, desta vez foi para a gravadora A&M. Com a mudança ficou pronto primeiro LP, intitulado Wonderful Life, que foi bem recebido na Europa, calcado na repercussão da canção-tà­tulo. O próximo disco, de 1988, Comedy, até que foi bem, mas não o bastante para repetir a performance de seu predecessor.

Na mesma época o Black resolveu se retirar do showbizz e só reapareceu em 1991, cansados do "troca-troca" de gravadora, criaram um selo próprio, o Nero Schwartz. Através dele, o grupo gravou, ainda no mesmo ano, o álbum Black que contou com participações de Robert Palmer e Sam Brown.



Vearncombe se casou, e, em 1993, já com sua própria gravadora o Black produziu o álbum, Are We Having Fun Yet? que não fez muito barulho na mà­dia. Em 1999, Colin lançou alguns trabalhos solo, também sem muito feedback. Está programado, para o dia 7 de novembro de 2005, o lançamento do novo disco do Black, Between Two Churches, vamos ver se esse emplaca.

DISCOGRAFIA

Imagem em Miniatura do Álbum: El Camino El Camino
2011

Imagem em Miniatura do Álbum: The E.N.D. (The Energy Never Dies) The E.N.D. (The Energy Never Dies)
2009

Imagem em Miniatura do Álbum: Monkey Business Monkey Business
2005

CARREGAR MAIS

ARTISTAS

a-ha
ABBA
Adele
Air Supply
Al Jarreau
Alanis Morissette
Alejandro Sanz
Alicia Keys
Alle Farben
Alphaville
  >
  >