Antena 1 - Home
Imagem Miniatura do Artista: Jack Johnson

Jack Johnson

O surfe sempre foi um esporte jovem e com uma identificação quase imediata com algum tipo de música. Nos primórdios, a batida dançante dos Beach Boys embalou muitos casais nas praias durante os anos sessenta, assim como bandas do estilo de The Surfaris e de Dick Dale and his Del-Tones com temas como "˜Wipe Out"™ e "˜Pipeline"™. Nas décadas de oitenta e noventa o hardcore e o punk rock tiveram sua vez com o som pesado e veloz de bandas como NOFX e Pennywise. Já nos anos 2000 quem faz a trilha dos amantes das ondas em direção ao litoral é Jack Johnson.

Havaiano legà­timo, nascido na cidade litorânea de Oahu em 1975, Jack Johnson, como não poderia ser de outra forma, desde cedo despertou atenção pelo surfe. Já na adolescência chegou até a disputar alguns campeonatos, mas um grave acidente em um deles faria com que Jack guardasse as pranchas e fosse empregar seu talento em outras praias. Durante sua fase de recuperação ele passou a se interessar por cinema e por música.



Mais velho, Jack passou a estudar cinema na Universidade da Califórnia. Nessa época ele já compunha algumas canções ao violão da forma rústica e natural que viria a marcar toda sua obra. Seu primeiro filme, o documentário Thicker Than Water, de 1999, não poderia ter outro tema: surfe. A trilha sonora, como não poderia também deixar de ser, foi composta e interpretada pelo próprio Jack. Mesma linha seguiu seu trabalho seguinte The Septermber Sessions, de 2000, que voltava a ter músicas suas.

Embora bem avaliados pela crà­tica, os trabalhos cinematográficos não seriam o caminho pelo qual Jack Johnson atingiria o reconhecimento internacional. Ele deixou a promissora carreira em segundo plano, quando amigos de uma banda o convidaram para uma participação especial no disco que gravavam na ocasião. O grupo G. Love & Special Sauce fazia uma mistura de rap com rock acústico, e no disco Philadelphonic, de 1999, contou com uma composição de Jack chamada Rodeo Clowns.

O trabalho chamou a atenção do produtor J.P. Plunier "” que trabalhava com o cantor Ben Harper na ocasião "” que acabou sendo o responsável pela produção do primeiro álbum de Jack, Brushfire Fairytales, de 2001. O disco era aquilo mesmo que ele já fazia: melodias pop ao violão, ritmadas e agradáveis com um toque de folk, embaladas pela inconfundà­vel batida tradicional da música havaiana. O próprio Ben Harper ainda faria uma contribuição na faixa "˜Flake"™ e ajudaria o iniciante Jack o convidando para abrir seus shows. A popularidade alcançada com as apresentações se confirmaria em seu segundo disco, On and On, de 2003, que, incluindo o hit "˜Times Like These"™, chegou a atingir o terceiro lugar na Billboard.

A partir desse álbum, todos seus trabalhos viriam a ser lançados pelo seu próprio selo, The Moonshine Conspiracy, que mais tarde viria a ser rebatizado, mudando de nome para Brushfire Records.

O terceiro disco, In Between Dreams, lançado dois anos depois chegaria a vender mais de dois milhões de cópias e rendeu ao músico dois Brit Awards – Melhor Artista Solo Masculino Internacional e Revelação Internacional. Entre as canções do CD está o sucesso "˜Sitting, Waiting, Wishing"™. Em 2006, Jack ainda foi encarregado da trilha sonora do filme de animação George, o Curioso, no disco Sing-A-Longs And Lullabies For The Film Curious George, que atingiu o primeiro lugar na Billboard. No mesmo ano ele fez sua primeira passagem pelo Brasil, fazendo shows em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2008 ele lançava o seu disco seguinte, Sleep Through the Static, que novamente lideraria a parada americana.

Outros trabalhos do cantor incluem a trilha do filme Não Estou Lá, sobre a vida de Bob Dylan, onde Jack toca versões de "˜Mama You"™ve Been On My Mind"™ e a "˜Last Thoughts On Woody Guthrie"™; e uma regravação de "˜Imagine"™ de John Lennon para o disco Instant Karma: The Amnesty International Campaign To Save Dafur, ambos lançados em 2007.

Em junho 2010 foi oficialmente lançado o álbum "To The Sea" e alcançou o primeiro lugar nas paradas dos Estados Unidos e em vários outros paà­ses. O primeiro single do álbum To the Sea é a canção "You and Your Heart".
Jack Johnson realizou em 2011 sua turnê pelo Brasil. Os shows foram realizados entre os meses de maio e junho, com oito shows apresentados. As cidades onde o cantor visitou foram São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasà­lia, Recife e Florianópolis. O evento teve destaque para grandes sucessos do cantor, como a música "To The Sea", a mais evacionada pelo público.
Sua música é influenciada por artistas como Nick Drake, The Beatles, Rolling Stones, Sex Pistols, Jimi Hendrix, Tribe Called Quest, Bob Dylan, Ben Harper, Radiohead, G. Love and Special Sauce, Otis Redding, Neil Young, Bob Marley, Tom Curren, Kurosawa, Sublime e outros.

Dono de um estilo próprio com suas melodias simplistas, mas cativantes, Jack Johnson já provou ser um artista competente e também de talentos múltiplos. Seja sobre uma prancha, atrás das câmeras ou empunhando seu violão, ele é a prova viva de que é possà­vel ter sucesso fazendo o que se gosta. Talvez por isso a aura de liberdade e despretensão, que soa tão sincera em sua música, é apreciada por tantas pessoas.

DISCOGRAFIA

Imagem em Miniatura do Álbum: To the Sea To the Sea
2010

Imagem em Miniatura do Álbum: Sleep Through the Static Sleep Through the Static
2008

Imagem em Miniatura do Álbum: In Between Dreams In Between Dreams
2005

CARREGAR MAIS

ARTISTAS

a-ha
ABBA
Adele
Air Supply
Al Jarreau
Alanis Morissette
Alejandro Sanz
Alicia Keys
Alle Farben
Alphaville
  >