Antena 1 - Home
Imagem Miniatura do Artista: Michael Bublé

Michael Bublé

Michael Steven Bublé, conhecido apenas como Michael Bublé, é um cantor e compositor canadense, nascido em Burnaby, no Canadá, em 9 de setembro de 1975. O artista sempre foi motivado pelo avô materno, que o acompanhou em seus concursos musicais e apresentações em eventos, desde que decidiu ser cantor – ainda na adolescência.

Michael se apaixonou pelo jazz quando ouviu, pela primeira vez, Bing Crosby interpretar músicas de Natal em seu álbum intitulado White Christmas. Desde cedo, ouve cantores como Frank Sinatra, em quem se inspira até hoje.

Outro momento importante de sua vida foi o hóquei. Além de passar horas praticando o esporte, ele pensou em ser um jogador profissional. Depois de muitos fracassos e quedas, percebeu que não era um bom patinador.

Como cantor, fazia performances em casas noturnas de Vancouver. Em 1996, Bublé decidiu fazer um cover de Elvis no musical Red Rock Diner.

No mesmo ano, teve participação no programa de TV “Death Game” e esteve em dois episódios de “Arquivo X”, como um marinheiro submarino.

Em 1997, o artista apareceu em TV nacional, em um documentário chamado “Big Band Boom”. Dois anos depois, apresentou-se em mais um musical de Toronto: “Forever Swing”, 1998. Ele ainda foi indicado para a premiação Genie Award, em 2000, pelas faixas compostas por ele para o filme “Here’s to Life”, lançado no mesmo ano: “I’ve Never Been in Love Before e “Dumb ol’ Heart”.

Ainda em 2000, morando em Toronto com sua noiva, Bublé pensou em desistir do sonho de ser um músico profissional para seguir a carreira de jornalista. Mas foi cantando em um evento empresarial, para pagar a passagem de volta para casa, que toda a sua vida mudou.

Michael McSweeney, presente na ocasião, gostou da performance do canadense e, posteriormente, recebeu o primeiro disco independente de Bublé. McSweeney mostrou o material para seu amigo e Primeiro Ministro do Canadá, Brian Mulroney, cuja filha se casou e teve Michael Bublé como atração em sua festa. Um dos convidados da cerimônia era o produtor e presidente da Warner Bros, David Foster – com quem assinou contrato. Até o momento, o artista tinha três discos independentes: First Dance (1996), Babalu (2001) e Dream (2002).

O primeiro álbum de estúdio de Bublé foi lançado em 2003 e recebeu o próprio nome do artista. O CD ficou entre um dos dez mais tocados na Austrália, Canadá e também no Reino Unido.

Inspirado pelo ídolo Frank Sinatra, o cantor estreou, em 2005, aquele que seria um dos discos de maior sucesso da carreira, nomeado "It's Time”. O álbum teve como principal faixa a canção "Home" e fez com que o cantor fosse reconhecido nos Estados Unidos.



Com jeito bem humorado e engraçado, admirado pelos fãs, Michael Bublé apresentou - em 2007 - o álbum "Call Me Irresponsible". O CD conquistou o topo da Billboard 200 e o Grammy de Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional.

Outros álbuns lideraram o ranking da revista, como "Crazy Love" (2009) e "Christmas", um especial de Natal feito em 2011. Este último teve mais de seis milhões de cópias vendidas em menos de um ano, deixando o artista durante cinco semanas seguidas em primeiro lugar das paradas - como disco mais vendido em todo o mundo.

Michael Bublé também conquistou outros prêmios importantes, como o Grammy, por quatro vezes, e Juno Awards – que rendeu 10 prêmios ao cantor. O álbum mais recente do canadense é "To Be Loved", divulgado no primeiro semestre de 2013. O artista tem muito carinho pelo último disco – que já vendeu milhões de cópias. 

DISCOGRAFIA

Imagem em Miniatura do Álbum: To Be Loved To Be Loved
2013

Imagem em Miniatura do Álbum: Christmas Christmas
2011

Imagem em Miniatura do Álbum: It's Time It's Time
2005

CARREGAR MAIS

ARTISTAS

a-ha
ABBA
Adele
Air Supply
Al Jarreau
Alanis Morissette
Alejandro Sanz
Alicia Keys
Alle Farben
Alphaville