Antena 1 - Home
Imagem Miniatura do Artista: Robbie Williams

Robbie Williams

O cantor pop inglês, Robbie Willians, entrou pela porta dos fundos do mercado fonográfico, mas, se deu bem. Antes mesmo de conhecer o sucesso se meteu com drogas e foi detonado pelos tablóides. Com seu jeitão rebelde, sexy e encrenqueiro, Robbie soube explorar muito bem a beleza que sempre o destacou, inclusive na banda onde começou a carreira, o Take That.

A banda pop inglesa Take That, formada em 1991, era contemporânea e a resposta americana para a boy-band que fazia grande sucesso na época, o New Kids on The Block. Ambas faziam questão de manter a pose de garotos comportados e saudáveis, que procuravam manter-se afastados de bagunça e dar bons exemplos. Com exceção de Robbie que costumava arrumar confusão, até com os colegas e com o empresário da banda. O rapaz nunca se adaptou ao estilo do grupo, sempre foi nitidamente diferente e se destacava tanto pela bela plástica, quanto pela rebeldia. Em 1995, ele foi o primeiro a deixar a banda, mas há boatos de que teria sido despedido mesmo. O Take That, também não durou muito tempo.



A partir daà­, Robbie mostrou quem realmente era. Ao sair do conjunto, entrou para outra banda inglesa de britpop, nada amena, o Oasis. O là­der da banda, Noel Gallagher, que também não é um exemplo de doçura, não deu moleza para Robbie e foi logo mostrando que seu rostinho bonito não adiantava muita coisa por lá. Willians queria gravar com a banda músicas suas, mas Noel nunca permitiu. Além disso, Williams queria a desforra pelo tempo de bom moço no Take That, e uma vez no Oasis, começou a desfrutar das facilidades que a fama do grupo trazia: drogas, bebidas, e muitas, muitas festas.

Ainda em 96, o primeiro single solo de Robbie estava saindo. Era esperado que ele seguisse a linha do britpop, mas, o primeiro trabalho foi um cover do disco Freedom 90 de George Michael. Um total desastre. O segundo single, de 1997, 'Old Before I Die', teve nà­tida influência de estilo do Oasis. O primeiro álbum, veio ainda no mesmo ano, Life Thru a Lens e fez grande sucesso na Inglaterra. Enquanto o primeiro álbum ainda tocava, o segundo foi lançado em 1998, I've Been Expecting You.

Como Williams não tinha muita repercussão nos Estados Unidos, em 1999, foi lançada uma compilação especial para que ele estourasse por lá, The Ego has Landed (tradução: o ego aterrisou). O jeito Robbie, sua energia e sua excentricidade não foram muito bem aceitos pelos americanos, na Inglaterra, já acontecia o contrário, "as inglesas", principalmente, o adoravam exatamente por causa disso. Alguns observadores, dizem que o egocentrismo e a imagem "cool", superam o talento de Robbie.

Em 2000, chegou Sing When You're Winning que se destacou pelo sucesso do và­deo 'Rock DJ'. Esse álbum já se distanciou do estilo do Oasis, baseando-se em influências como as de Elton John. Contou também com um dueto com a artista pop australiana Kylie Minogue.

Enquanto isso, em 2001, saà­a outro álbum, com clássicos das "big bands", músicas de Frank Sinatra e Dean Martin, Swing' When You're Winning. O disco ainda traz 'Beyond the Sea', da trilha do desenho Procurando Nemo de 2003, e um dueto com Nicole Kidman para o filme Moulin Rouge.

Em 2002, assinou um grande contrato com a gravadora EMI. Rumores dizem que foi no valor de 80 milhões de dólares, mas, sem a parceria com o produtor de longa data, Guy Chambers. O quinto álbum, com a última participação de Chambers, veio em 2003, Escapology, vendeu milhões na Europa, sem chamar atenção nos EUA.

Em 2003, Robbie se apresentou para mais de 1 milhão de pessoas em Knebworth Park in Hertfordshire, na Inglaterra, na Live Summer Tour 2003. Enquanto mais 3,5 milhões assistiam pela TV e internet. Em 2005, sua aparição no Live 8 London, em julho, foi marcante. Como Freddie Mercury fez há 20 anos, ele embalou a multidão no Hyde Park, com a música 'We Will Rock You', e assim, ficou inegável a habilidade e energia de Robbie Willians em frente à s multidões.
Em 2004, lança um disco Greatest Hits, contendo o melhor de seus sete anos de carreira e duas faixas-bônus: "Radio" e "Misunderstood". Dia 23 de Outubro de 2006, saiu um disco novo: Rudebox - um disco muito electro e muito diferente dos anteriores.
No dia 13 de Fevereiro de 2007, dia do seu aniversário, Robbie Williams internou-se numa clà­nica de reabilitação de drogas e álcool.
Robbie volta a morar na Inglaterra, e desmente rumores sobre sua volta ao grupo Take That, ele lançou em 9 de novembro de 2009 o álbum intitulado Reality Killed the Video Star, que tem como primeiro single a música "Bodies". Depois foram lançados os singles "You Know Me" e "Morning Sun".
Ao longo de sua carreira solo, Robbie Williams foi um verdadeiro e ininterrupto furacão. As estatà­sticas não deixam dúvidas sobre as conquistas dele: mais de 55 milhões de álbuns vendidos, mais prêmios Brit (o Grammy inglês) recebidos do que qualquer outro cantor na história, as três noites de show em Knebworth no ano de 2003 diante de 375 mil pessoas, o maior número de entradas já vendido em um único dia (1 milhão e 600 mil, para sua turnê Close Encounters de 2006), e muito mais.
Reality Killed the Video Star, lançado no Reino Unido em novembro de 2009, já contabiliza um milhão de cópias apenas na região e foi o álbum a alcançar a terceira melhor posicão na primeira semana de vendas de qualquer outro álbum no Reino Unido, sendo superado por muito pouco o fenômeno que foi Susan Boyle.
No dia 15 de julho de 2010 Robbie afirma para a mà­dia a sua volta ao Take That. Williams lançou com o Take That o single "The Flood", o primeiro depois de quinze anos desde "Never Forget". O álbum Progress foi lançado pela banda no final de 2010.

Em outubro, o Media Control nomeou Robbie Williams como "o artista do álbum mais sucedido do milênio" ao fato que ele foi número um no German Albums Chart por 38 semanas desde 2000. Ele alcançou 135 vezes o Top-10.

DISCOGRAFIA

Imagem em Miniatura do Álbum: In and Out of Consciousness: Greatest Hits 1990 - 2010 In and Out of Consciousness: Greatest Hits 1990 - 2010
2010

Imagem em Miniatura do Álbum: Reality Killed the Video Star Reality Killed the Video Star
2009

Imagem em Miniatura do Álbum: Swing When You're Winning Swing When You're Winning
2003

CARREGAR MAIS

ARTISTAS

a-ha
ABBA
Adele
Air Supply
Al Jarreau
Alanis Morissette
Alejandro Sanz
Alicia Keys
Alle Farben
Alphaville