Antena 1 - Home

Anvisa proíbe uso de duas sementes usadas para emagrecimento

  • 08/02/2017 18:00
Imagem: Anvisa proíbe uso de duas sementes usadas para emagrecimento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou uma resolução que proíbe a fabricação, comercialização distribuição e importação de Noz da Índia (Aleurites moluccanus) e do Chapéu de Napoleão (Thevetia peruviana) em medicamentos, alimentos ou qualquer forma de apresentação ao consumidor. A decisão vale para todo o território nacional.

As duas sementes são usadas para emagrecimento por conterem propriedades laxativas. A decisão foi tomada após evidências de toxidade do produto.

O consumo destas sementes está associado a mortes ocorridas em Campo Grande (MS), São Luiz (MA) e um terceiro caso ainda está em apuração em Santos (SP).

Além da proibição, a agência determinou o recolhimento de todo o estoque existente no mercado brasileiro. A medida sanitária proíbe também a divulgação, em qualquer meio de comunicação, de medicamentos e alimentos que apresentem estes insumos.

A decisão da Anvisa foi baseada em nota técnica emitida pelo Centro Integrado de Vigilância Toxicológica do Estado do Mato Grosso do Sul, após casos de intoxicação pelo uso da noz. A resolução inclui ainda a proibição da distribuição e uso da planta “Chapeu de Napoleão” ou “jorro-jorro”.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!