Antena 1 - Home

Chocolate amargo reduz o risco de arritmia cardíaca

  • 25/05/2017 17:00
Imagem: Chocolate amargo reduz o risco de arritmia cardíaca

Um estudo publicado recentemente na revista científica Heart mostrou que o consumo de quantidades moderadas de chocolate pode ser bom para o coração, reduzindo o risco de fibrilação atrial, tipo comum de arritmia cardíaca. 

De acordo com os pesquisadores, esse efeito benéfico do chocolate está associado aos antioxidantes presentes no cacau e vale apenas para a versão amarga do alimento.

Pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, selecionaram voluntários com idade entre 50 e 64 anos. Foram identificados 3.346 casos de fibrilação arterial em um período de 13,5 anos de estudo, sendo as mulheres o menor grupo. A partir desses registros, os pesquisadores relacionaram o consumo de chocolate amargo com a incidência da condição.

Os resultados mostram que os participantes que comiam de uma a três porções de 30 gramas de chocolate por mês tiveram uma taxa 10 por cento menor da arritmia do que aqueles que comiam apenas uma.

Os resultados foram parecidos entre homens e mulheres. Mas as quantidades benéficas de chocolate variaram. Nas mulheres, uma porção semanal de chocolate bastava para reduzir o risco em 21 por cento. Já nos homens, no entanto, foram necessárias de duas a seis porções semanais para alcançar uma redução de 23 por cento no risco.

Uma das possíveis razões para o chocolate amargo ser benéfico é o alto teor de antioxidantes flavanóis, que tem sido relacionado a melhora do funcionamento dos vasos sanguíneos.  Pesquisadores afirmam que a presença de leite e gordura no chocolate pode diminuir os benefícios do alimento. 

Apesar dos benefícios, o consumo não deve ser exagerado. “Comer quantidades excessivas não é recomendado porque muitos produtos de chocolate são ricos em calorias proveniente do açúcar e da gordura, o que poderia levar ao ganho de peso e outros problemas metabólicos”, explicou Elizabeth Mostofsky, principal autora do estudo.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!