Antena 1 - Home

Com nova técnica, pacientes paralisados se comunicam com pensamento

  • 01/02/2017 17:00
Imagem: Com nova técnica, pacientes paralisados se comunicam com pensamento

Pacientes com a síndrome do encerramento não conseguem mover nenhum músculo voluntário do corpo, mas mesmo assim continuam conscientes e com raciocínio intacto. A causa para a síndrome pode ir desde um AVC até a esclerose lateral amiotrófica – doença neurodegenerativa do físico Stephen Hawking.

Como forma de contornar essa situação e dar a estes pacientes a possibilidade de se comunicar novamente, uma equipe de pesquisadores está trabalhando em uma interface entre cérebro e máquina. A equipe é liderada pelo cientista Niels Birbaumer, do Centro Wyss para Bio e Neuroengenharia em Genebra, na Suíça.

Para os testes da invenção, participam quatro pessoas completamente paralisadas. Eles tiveram a atividade elétrica cerebral medida por meio de dois exames. Essas atividades eram decodificadas por um computador capaz de identificar quando o paciente queria dizer “sim” ou “não” às perguntas feitas.

As perguntas tiveram uma taxa de acerto de cerca de 70 por cento, o que mostra que a técnica foi realmente eficaz e que os acertos não foram um mero acaso. Os pesquisadores também perguntaram se os pacientes se sentiam felizes, o que resultou em várias respostas “sim”, indicando que eles encaram a situação com positividade.

Para ler mais notícias como esta, acesse e curta a página do Antena 1 News no Facebook.