Antena 1 - Home

Crianças que usam smartphones e tablets com frequência dormem menos

  • 18/04/2017 17:00
Imagem: Crianças que usam smartphones e tablets com frequência dormem menos

O uso diário de celulares e tablets pode prejudicar o sono de bebês e crianças, revela um estudo publicado recentemente no periódico Scientific Reports. De acordo com especialistas, os pequenos passam a dormir menos e demoram mais para pegar no sono quando brincam com esses aparelhos todos os dias.

Segundo o estudo, a cada hora de uso diário dos dispositivos, as crianças dormem 16 minutos a menos em um período de um dia. Sendo o sono um fator importante para o desenvolvimento cognitivo, os pesquisadores acreditam que a descoberta aponta para um hábito preocupante, visto que aparelhos touchscreen têm se popularizado mais a cada dia, inclusive entre os pequenos.

De acordo com questionário realizado com mais de 700 pais e mães, 75 por cento das crianças entre seis meses a três anos usavam aparelhos touchscreen diariamente. Quanto mais velha era a criança, mais frequentemente ela fazia uso dos dispositivos.

Ao analisar os dados, foi possível notar que as crianças que passavam mais tempo utilizando os aparelhos dormiam menos durante a noite, tendo um total de sono menor do que a média. A dificuldade de pegar no sono também era maior entre os pequenos usuários assíduos dos dispositivos.

De acordo com Tim Smith, líder do estudo e pesquisador da Universidade de Londres, antes de proibir completamente o uso de smartphones, é preciso ponderar também os benefícios que essa tecnologia pode trazer.

Estudos anteriores do mesmo centro de pesquisa já haviam mostrado que o uso de touchscreen estava associado com uma melhora no desenvolvimento motor em bebês. “Antes de restringir totalmente o uso de touchscreen, que pode trazer benefícios, nós temos que compreender profundamente como usar essa tecnologia moderna de uma forma que maximize os benefícios e minimize qualquer consequência negativa para as crianças”, afirma Smith.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!