Antena 1 - Home

Em 2020, 80 milhões de pessoas terão glaucoma, estima OMS

  • 13/10/2017 15:00
Imagem: Em 2020, 80 milhões de pessoas terão glaucoma, estima OMS

Em 2020, 80 milhões de pessoas terão glaucoma no mundo, segundo estimativa de centros de pesquisa internacionais e da Organização Mundial da Saúde (OMS). A doença não tem cura e é considerada a maior causa de cegueira irreversível. É por isso, médicos alertam que, quanto antes o diagnóstico for feito, melhor será a qualidade de vida do paciente.

Apesar de não ter cura, o glaucoma tem tratamento que consegue estagnar seu avanço – mas o paciente não recupera a visão que já perdeu. Se o controle for feito logo no início, o paciente terá uma visão com pouquíssima perda para o resto da vida. Mas, se ele já está num estágio muito avançado, infelizmente continuará assim.

O glaucoma consiste em um estreitamento do campo visual. Se não tiver outros problemas de visão como miopia, a pessoa com essa doença enxerga com nitidez tudo o que está no centro, mas perde progressivamente a visão periférica.

Essa doença pode ser dividida em duas: o glaucoma primário, com causa genética, e o glaucoma secundário, que pode surgir principalmente por conta de uso indiscriminado de remédios com corticoides.

No entanto, é preciso lembrar que o glaucoma está naturalmente presente na população conforme ela envelhece. Estimativas dão conta de que 1,2 por cento da população aos 40 anos tem o problema. Aos 80, esse índice chega a 8 por cento.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!