Antena 1 - Home
Você está lendo as notícias da Antena1 Nacional Mudar Filial

Emprego: Serviços pet são opção para driblar a crise

  • 29/07/2016 15:45
Imagem: Emprego: Serviços pet são opção para driblar a crise

Para quem gosta de animais de estimação e pensa em mudar de carreira ou mesmo ganhar uma renda extra, trabalhar com o AgendaPet (www.agendapet.com.br), marketplace de serviços para animais de estimação, pode ser uma boa opção. O site está cadastrando banhistas, adestradores, pet sitters e dog walkers, além de ser uma alternativa também aos veterinários. Os ganhos podem chegar a R$ 5 mil por mês ou até mais, no caso dos veterinários.

Espécie de “Uber de serviços para pet”, no AgendaPet é possível agendar serviços para animais de estimação, todos executados em domicílio. Para se associar ao site, é necessário ter formação técnica ou curso na área, além de um período mínimo de experiência e ter os equipamentos ou materiais. Após o cadastro, é feita entrevista e checagem dos dados do profissional – redes sociais, relatórios de crédito, antecedentes criminais, entre outros. O processo de aprovação dura de um a sete dias.

Assim que seu perfil é ativado, o profissional já começa a receber demandas pelo celular e pode escolher as que deseja atender, além de delimitar o horário de trabalho e zona de atuação. “Esse procedimento de avaliação é de suma importância para garantir a qualidade dos nossos serviços. Orientamos sobre cursos para obter a formação, caso o interessado não a tenha”, diz André Fossa, fundador da empresa. Entre outras vantagens, ele destaca que o AgendaPet se responsabiliza pela parte comercial do negócio, o agendamento e a cobrança, facilitando o trabalho do prestador.

Cecília Julio foi uma das prestadoras que decidiu retomar o antigo sonho de trabalhar com animais de estimação. Depois de sentir os efeitos da crise de perto – era bancária e foi demitida –, ela fez um curso de banho e tosa, passou a ser freelancer em pet shops e começou também com o AgendaPet.  A profissional diz que a quantidade de clientes cresce a cada semana. “Já cheguei a ter quatro pedidos em um só dia”, conta ela, que completa: “Com o site, atinjo uma região que não seria possível se fizesse apenas panfletagem”.

Marcelo Fagundes, marido de Cecília, foi outro que deixou seu último emprego em uma academia e se cadastrou no AgendaPet, em que atua como adestrador e dog walker. Fagundes destaca a liberdade que os profissionais associados possuem, além da organização e idoneidade da empresa. “O atendimento em domicílio, no caso do adestramento, é o melhor tipo, pois é necessário conhecer o ambiente em que o animal vive, observar seu comportamento e conversar com o dono”, explica.

Entre outras vantagens para os profissionais, Fossa afirma que um banhista que atenda quatro clientes por dia, por exemplo, pode ganhar até cinco vezes mais do que se trabalhasse em uma pet shop. O AgendaPet também tem espaço para veterinários especialistas – dermatologistas, oncologistas, ortopedistas, oftalmologistas, entre outros –, área que, segundo o fundador, possui muita demanda, mas pouca oferta.

Em junho, a startup dobrou seu volume de pedidos, e a meta até dezembro é chegar a 500 prestadores. “Mesmo com uma das maiores crises da nossa história, o setor pet deve crescer 7% em 2016. Para os profissionais, pode ser o momento de unir o útil ao agradável, e mudar o rumo da sua carreira. O mercado está ávido por gente capacitada”, conclui o fundador da empresa.

Sobre o AgendaPet

Marketplace de serviços para animais de estimação com mais de 100 perfis profissionais ativos, entre veterinários, banho e tosa, pet sittersdog walkers, hotéis e adestradores. Fundado em 2012 por André Fossa e reformulado em fevereiro de 2016 para oferecer serviços em domicílio. Aposta em seleção rigorosa de profissionais. www.agendapet.com.br.