Antena 1 - Home

Hozier é acusado de plágio e processa músico canadense

  • 06/10/2015 15:00
Imagem: Hozier é acusado de plágio e processa músico canadense

Chilly Gonzales é um músico canadense conhecido pela série de vídeos intitulada Pop Music Masterclass – em que ele analisa canções da atualidade. Em uma observação, Gonzales afirmou que Hozier cometeu plágio.

Tudo aconteceu na última semana, quando Chilly publicou um vídeo comentando sobre o sucesso “Take Me To Church”, do irlandês. Na opinião dele, a música foi baseada em “How Come You Never Go There”, faixa da canadense Feist.

“Vocês estão ouvindo isso? É quase a mesma coisa. Quero dizer, é uma louca coincidência que minha boa amiga e irmã caçula Feist, com sua faixa ‘How Come You Never Go There’, teve a mesma ideia de usar esses acordes, que são três vezes mais lentos que o de Hozier. Talvez Feist o deva levar à Corte”, declarou o músico.

Ao saber da acusação, a empresária de Hozier, Caroline Dowley, rebateu a denúncia de plágio, alegando não haver embasamento nos argumentos do compositor.

Depois do ocorrido, Hozier abriu um processo na Corte Suprema da Irlanda contra Chilly Gonzales. O jornal The Sunday Times confirmou que o artista está se defendendo de uma difamação. O vídeo de Gonzales foi removido do YouTube.

Ouça a seguir as duas faixas e compare: