Antena 1 - Home

Madonna explica declaração polêmica em protesto

  • 24/01/2017 14:30
Imagem: Madonna explica declaração polêmica em protesto

No último final de semana, a Marcha das Mulheres tomou as ruas de Washington, nos Estados Unidos, e de outras cidades do mundo. No movimento, diversos artistas se manifestaram em apoio aos direitos das mulheres e Madonna também discursou.

Ao se pronunciar, uma frase da Rainha do Pop gerou bastante repercussão. Ela declarou ter pensado em “explodir a Casa Branca” após a vitória de Donald Trump como presidente de seu país.

A fala gerou polêmica e a norte-americana foi até a rede social Instagram para explicar sua declaração, afirmando não ser uma pessoa violenta e que a “explosão” era apenas uma metáfora.

“É importante que as pessoas ouçam e entendam meu discurso inteiro ao invés de uma frase tirada fora do contexto. Meu discurso começou com ‘eu quero começar uma revolução do amor’. Depois, aproveitei a oportunidade para encorajar as mulheres e todas as pessoas marginalizadas a não se desesperarem, mas sim a se unirem e usarem [esse momento] como ponto de partida para a união e para criar uma mudança positiva no mundo”, escreveu.

“Eu usei uma metáfora e compartilhei duas maneiras de olhar as coisas – uma era ser esperançosa, e uma era sentir raiva e indignação, o que foi o que eu senti. Mas eu sei que agir com raiva não resolve nada. E a única maneira de mudar as coisas para melhor é fazer isso com amor. Foi realmente uma honra fazer parte de um público cantando ‘nós escolhemos o amor’”, finalizou Madonna.