Antena 1 - Home

Novo teste ajuda na detecção precoce do câncer de pâncreas

  • 09/02/2017 15:00
Imagem: Novo teste ajuda na detecção precoce do câncer de pâncreas

Atualmente, o câncer de pâncreas costuma ser descoberto quando está em estado muito avançado, pois evolui sem sintomas, matando 80 por cento dos pacientes no ano seguinte ao diagnóstico. Um grupo de cientistas, no entanto, promete colocar fim a este quadro.

Em estudo publicado pela revista Nature Biomedical Engineering, pesquisadores americanos e chineses apresentaram um teste econômico e ultrassensível, capaz de fazer o diagnóstico precoce do câncer de pâncreas com uma pequena quantidade de plasma sanguíneo.

Tony Hu, principal autor do estudo, explicou que o teste é baseado na detecção de um elemento específico (a proteína EphA2) em algumas vesículas extracelulares. Estudos anteriores já haviam mostrado que essas vesículas desempenham um papel importante no desenvolvimento e no avanço de alguns cânceres, em especial o do pâncreas.

Em estudo realizado com 48 pessoas saudáveis, 48 pessoas com pancreatite e 59 pacientes que sofrem de câncer no pâncreas, o novo teste facilitou a detecção de 85 por cento dos cânceres.

Segundo Hu, o resultado será validado após um estudo mais profundo, provavelmente daqui a dois ou três anos.

Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!