alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Claudio Goldman

    Por antena 1

    news single img

    Claudio Goldman é um cantor, compositor e músico brasileiro nascido em São Paulo, no ano de 1962. O artista é neto de avós judeus com origem húngara e polonesa – que imigraram ao Brasil para fugir da Segunda Guerra Mundial. Filho da artista plástica Sara Belz e do político Alberto Goldman, ele também tem quatro irmãos e é casado com Márcia, com quem teve duas filhas: Isabella e Isadora.

    O artista nasceu em frente ao Jardim da Luz, no bairro do Bom Retiro, e estudou no colégio judaico "Scholem Aleichem" – instituição de judeus de esquerda, apoiadores do Socialismo. 

    Goldman foi criado em uma família de artistas. O avô tocava violino e a mãe, além de tocar piano, dava aulas de violão, fazia sapateado e dança. O pai também chegou a formar-se no curso de piano, mas não seguiu carreira. Já aos 3 anos de idade, Claudio foi levado pela mãe para fazer iniciação musical - onde aprendeu a tocar pequenos instrumentos de percussão. Aos 7 anos, o jovem músico passou a frequentar as aulas de bateria, mas depois desistiu do instrumento. Foi aos 12 anos que descobriu a paixão pelo piano, após ver um de seus irmãos aprendendo a tocar.

    Goldman teve uma infância considerada, por ele, normal. A adolescência, contudo, veio com algumas complicações. Ele passou por momentos de crises emocionais com a separação dos pais. Além disso, o pai Alberto Goldman largou a engenharia para dedicar-se à política no mesmo período, tornando-se um nome importante na luta contra a Ditadura Militar. “Isso virou nossa vida de cabeça para baixo”, diz ele. 

    Claudio Goldman gosta de brincar contando que passou a ser cantor ainda no chuveiro, quando tinha mais ou menos 15 anos. Do chuveiro para a sala de casa e, da sala de casa, para a sala dos amigos. Foi assim que começou. Os olhos claros do cantor brilham ao falar sobre música – que é uma espécie de bálsamo, para ele.

    Em 1990, o músico foi chamado para participar de alguns comerciais de TV, nos quais gravava jingles. A partir de então, dedicou-se inteiramente ao trabalho artístico. No ano seguinte, foi cantar com um amigo em um cassino de Estoril, em Portugal, durante 8 meses. Ao retornar para o Brasil, foi levado a alguns programas de televisão, exibindo seu incrível dom de imitar vozes femininas e masculinas. Posteriormente, ganhou o papel de Monsieur Richard Firmin na versão brasileira do musical “O Fantasma da Ópera”, mas acabou optando por não participar do espetáculo.

    O artista romântico chegou a gravar um CD, em 1995, intitulado com o próprio nome. O segundo não chegou a ser lançado, pois a gravadora fechou. Claudio, contudo, nunca deixou de ser sonhador. Ele sempre fez apresentações com as filhas e recorda esses momentos com carinho. Isadora, a mais nova, ainda canta ao lado do pai.

    Versátil e inspirado em grandes astros como os Beatles e Elvis Presley, Goldman tem um trabalho em inglês com a Antena 1. A primeira canção da parceria foi “When (Woman in Love)” – que na verdade foi feita em cima de uma melodia do compositor alemão Johann Sebastian Bach. A letra foi composta por ele e por Feio – pseudônimo do colega. Na interpretação, Goldman é comparado ao músico Freddie Mercury. No projeto com a Antena 1, ainda estão as faixas “My Prize”, The Look of Love” e Without Your Love”.

    Claudio Goldman gosta de viajar e de passear por comércios enquanto observa as pessoas, mas a música é uma espécie de salvação para ele quando tudo vai mal. É dessa forma que ele busca refúgio: tocando o piano que tem em sua casa. Os clássicos de Chopin jamais faltam no repertório de cura.

    1. Home
    2. artistas
    3. claudio goldman

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.