alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Lauryn Hill

    Por antena 1

    news single img

    Lauryn Noel Hill, popularmente conhecida apenas como Lauryn Hill, é cantora, produtora e atriz. A artista nasceu no dia 26 de maio de 1975, em South Orange, nos Estados Unidos. Filha de pais apaixonados por R&B, a americana é influenciada pela música desde a infância – quando a mãe costumava tocar piano, enquanto o pai gostava de cantar.

    Aos 13 anos, Lauryn deu início à carreira musical. A estreia nos palcos aconteceu no famoso Teatro Apollo, durante uma espécie de gincana. A jovem cantora interpretou uma canção de Smokey Robinson, mas foi vaiada. Ainda assim, ela contornou a situação até que a música fosse encerrada. Depois, no camarim, chorou de tristeza e ouviu a mãe dizer que talvez ela não tivesse nascido para aquilo. Mesmo após a frustração, Hill não deixou de sonhar.

    Ainda no ensino médio, a artista participou ativamente dos esportes na escola e era líder de torcida. Lauryn também frequentou as aulas de violino e de dança, e fundou o coral gospel do colégio Columbia High School. Juntou-se aos colegas Pras Michel e Wyclef Jean – também estudantes – para criar uma banda nomeada Tranzlator Crew, que se apresentava em shows de talentos.

    Nos anos 1990, a americana começou a carreira de atriz, participando de alguns filmes. O papel mais marcante foi o da estudante Rita Louise Watson, no longa-metragem “Mudança de Hábito II”, de 1993.

    No ano seguinte, Hill, Pras e Wyclef Jean mudaram o nome do grupo para The Fugees e assinaram contrato com a gravadora Columbia Records. Eles misturaram os gêneros reggae, rock e soul para lançar o álbum de estreia em 1994, intitulado Blunted on Reality. O material não fez sucesso, mas Lauryn destacou-se por sua voz no single "Some Seek Stardom".

    O segundo álbum dos músicos, chamado The Score, foi divulgado em 1996. O disco alcançou o topo da Billboard 200 e passou meses entre os dez primeiros do ranking. Foram cerca de 6 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos e 17 milhões em todo o mundo. O trabalho ainda rendeu um Grammy na categoria de Melhor Álbum de Rap. As canções "Killing Me Softly", "Fu-Gee-La" e "Ready or Not" foram as mais reproduzidas. Com talento para rimas, Hill foi considerada “a nova poderosa voz do rap” e venceu um Grammy de Melhor Performance Vocal R&B por um Grupo.

    Em 1997, a banda The Fugees chegou ao fim. Jean e Hill tiveram problemas pessoais e acabaram separando-se. A cantora acabou envolvendo-se com Rohan Marley – filho de Bob Marley. Os dois se conheceram no verão do ano anterior e tiveram um filho em 1998, Zion David. No mesmo ano, nasceu Selah Louise, segunda filha do casal.

    O primeiro álbum solo da artista, intitulado The Miseducation of Lauryn Hill, foi lançado ainda em 1998. O projeto estreou no topo da Billboard 200 e contou com participações de D'Angelo, Carlos Santana e Mary J. Blige. Os sucessos das músicas "Doo Wop (That Thing)", "Everything is Everything", "To Zion", e "Ex-Factor" renderam à americana 11 indicações ao Grammy. Lauryn levou cinco prêmios, incluindo os de Álbum do Ano e Melhor Cantora do Ano. Na mesma época, nasceu Selah Louise, também filha da artista com Rohan Marley.

    No ano 2000, Hill decidiu afastar-se da fama, pois se sentia pressionada pelo público. No ano seguinte, teve o terceiro e o quarto filho com Rohan: Joshua Omaru e John Nesta, respectivamente. Embora tenham tido quatro filhos, ela e Marley nunca se casaram.

    Em 2002, a cantora gravou seu segundo e último disco, nomeado MTV Unplugged 2.0. Nele, lançou 13 faixas inéditas, todas expondo sentimentos sobre a prisão da fama e as desilusões da vida. O material ficou em segundo lugar na parada Billboard 200 e destacou singles como "Adam Lives in Theory", "War in the Mind or Freedom Time" e "I Gotta Find Peace of Mind".

    Em 2008, Lauryn ainda teve uma quinta filha com Rohan Marley, chamada Sarah. Ao longo do tempo, conciliando a vida de mãe e artista, a cantora seguiu participando de projetos importantes, como a interpretação do hit “Feeling Good” para o álbum Nina Revisited: A Tribute To Nina Simone, de 2015.

    1. Home
    2. /
    3. artistas
    4. /
    5. lauryn hill
    6. /

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.