alexametrics
Conectando

    Alanis Morissette está processando seu ex-empresário

    O acusado, Jonathan Schwartz, teria desviado US$ 4,7 milhões

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Conforme informações publicadas pelo site TMZ, Alanis Morissette está processando seu ex-empresário, Jonathan Schwarts, pelo desvio de US$ 4,7 milhões dos lucros da cantora para a sua conta pessoal.

    A artista, que estourou nos anos 90, vendeu milhões de álbuns e agora alega o rombo em sua conta, que teria sido descoberto no início deste ano. O acusado atualmente trabalha em uma empresa de gestão de negócios e já assessorou astros do mundo da música como Beyoncé e Mariah Carey.

    A queixa foi registrada na última segunda-feira, dia 16, na Corte Superior de Los Angeles. No processo, Alanis afirma que foi roubada entre 2009 e 2016, período em que trabalharam juntos. Além disso, parte do dinheiro foi investida em viagens de Schwartz a Bora Bora e dívidas em cassinos de Bahamas.

    A canadense conta que percebeu o golpe quando o ex-empresário começou a dificultar seu acesso a sua própria conta bancária. "Quando ela perguntava se estava gastando demais, ele insistia que tudo estava bem, que não havia nada para se preocupar e que ela e seus futuros netos estavam seguros”, revela um trecho do processo.

    Jonathan Schwarts foi procurado para se explicar e acabou dando várias versões para os desvios. Inclusive, ele afirmou que o dinheiro foi investido em plantações ilegais de maconha, a pedido de Alanis.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.