alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Algoritmo pode deixar mais preciso tratamento contra câncer de pâncreas

    Método foi desenvolvido por um menino de apenas 13 anos.

    Por Letícia Furlan

    Placeholder - loading - news single img

    Um garoto de apenas 13 anos foi premiado com 25 mil dólares (o equivalente a cerca de 90 mil reais) por apresentar uma nova solução para deixar o tratamento contra o câncer de pâncreas mais preciso.

    Rishab Jain, de Portland, no Oregon, venceu o desafio “Jovem Cientista”, do Discovery Education 3M.

    O risco de desenvolver o câncer de pâncreas aumenta após os 50 anos de idade, principalmente na faixa entre os 65 e 80 anos, com maior incidência em homens. A maior parte dos casos é, hoje, diagnosticada em fase avançada e, por isso, tratada para fins paliativos.

    Promessa para o tratamento

    O menino apresentou um novo algoritmo para ensinar as máquinas usadas pelos médicos a matar apenas as células cancerosas no pâncreas. Muitas vezes, os tratamentos não são tão precisos e acabam destruindo também células saudáveis.

    O algoritmo, segundo a revista Time, será capaz de mudar a forma como os médicos tratam o câncer de pâncreas, podendo diminuir os problemas causados pela morte das células saudáveis no tratamento da doença, criando um método mais certeiro contra o tumor.

    Em entrevista à revista norte-americana, Jain disse que se interessou pelo assunto após uma viagam a Boston, quando um amigo da família morreu devido a um câncer de pâncreas. "Lá, eu aprendi sobre a baixa taxa de sobrevivência e sobre como essa doença é mortal", disse. "Eu também estou estudando programação, estava aprendendo sobre inteligência artificial. Decidi combinar as duas áreas, tentando resolver um problema do mundo real".

    A ideia, no futuro, é combinar o algoritmo com equipamentos de radioterapia usados em hospitais ou incorporá-lo em novas máquinas.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

     

    1. Home
    2. noticias
    3. algoritmo pode deixar mais …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.