alexametrics
Conectando

    Segundo Joshua Foer , a memória, também, necessita de exercícios. Um deles, seria assistir um filme e depois contar tudo o que viu a alguém

    Autor dá dicas de como treinar a memória

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    De acordo com o livro, 'A arte e a ciência de memorizar tudo – memórias de um campeão de memórias', do americano Joshua Foer, a memória, também, necessita de exercício, isso pode até tornar o cérebro mais rápido.

    O indicado é realizar atividades simples cotidianas, como assistir um filme e depois relatar toda a história a alguém ou até mesmo, mentalmente, a si próprio.  Outra tarefa recomendável é fazer uma lista de supermercado, mas não consultar o papel na hora da compra, e sim, somente ler o material no final, para checar se adquiriu tudo o que compunha a listagem.

    De modo geral, o primeiro passo para o sucesso dessas propostas é estar atento, o que é difícil em uma era tão repleta de informação.


    Ainda segundo o autor, na Antiguidade e na Idade Média, realizar treinos que beneficiassem a memória era considerado um mecanismo o qual fortalecia o caráter. Pois, se partia da premissa que apenas por meio memorização era possível apreender ideias e enraizar valores. Já no mundo atual, a memória é, basicamente, toda externa.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.