Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Cafeína, no chá e café, pode oferecer o mesmo risco ao feto

Para especialistas do exterior, o ideal é deixar de consumir esse tipo de produto ao longo da gravidez

Placeholder - loading - Imagem da noticia "Cafeína, no chá e café, pode oferecer o mesmo risco ao feto"

Publicada em  

De acordo com pesquisa publicada por uma famosa agência de notícias internacional, grávidas, que consomem cafeína- proveniente do chá ou café, podem ter bebês menores do que quem para de tomar os itens durante essa fase.

Até mesmo, aquelas que ingerem menos do que 200 miligramas de café, a quantidade apontada como segura ao longo desse período, de acordo com o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas, apresentam um maior risco de ter um parto prematuro ou do bebê nascer com peso mais baixo.

Para um dos autores do estudo, Ling-Wei Chen, pesquisador da ''University College Dublin’’, na Irlanda, a recomendação, para quem está grávida ou visa ficar, é, ao menos, limitar o consumo de cafeína, presente no café e chá.

O estudo não trouxe à tona as causas e efeitos. Mas, várias pesquisas anteriores relacionaram à exposição a cafeína no útero a efeitos negativos, segundo Chen e a sua equipe, que publicaram o documento no ''The American Journal of Clinical Nutrition’’.

Inclusive, na maioria dos trabalhos, o café foi a principal bebida consumida- com a substância.

Para o estudo feito na Irlanda, por exemplo, foram observados 941 pares de mães e crianças nascidos no país, onde as pessoas, no geral, bebem mais chá do que café. Aproximadamente, metade das mulheres bebiam chá, enquanto 40% ingeriam café.

Cada 100 ml de cafeína consumida diariamente durante o primeiro trimestre da gravidez estava associado com 72-gramas de peso a menos do bebê, como, também, a idade gestacional significativamente menor, comprimento de nascimento e circunferência da cabeça.

Mulheres, que tomaram um nível muito grande de cafeína, tiveram bebês com peso 170 gramas menor do que aquelas que consumiram o mínimo da bebida, a pesquisa apontou. Uma ressalva importante se a cafeína era proveniente do chá ou do café, isso não fez diferença nos resultados.

Um copo de 355 ml de café fresco contém aproximadamente 200 mg de cafeína, porém, o chá, geralmente, tem menos cafeína e a quantidade pode variar de acordo com o tipo do líquido, por exemplo.


De acordo com outros especialistas do exterior, o indicado é tentar reduzir o máximo possível a ingestão desse componente. Na verdade, o ideal, mesmo, é cortar totalmente o consumo do item durante a gestação.

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

A 35º edição da CASACOR São Paulo celebrou a exposição deste ano com o tema “Infinito Particular”. Uma mostra que trouxe diversas tendências do mundo do design, e inovou diversos cômodos. Aqui falaremos um pouco dessas novidades, além de explorar o que esteve em alta nas exibições que aconteceram no Peru, Bolívia e a que vem por aí, em Brasília.

As propostas definitivamente irão te inspirar a valorizar os ambientes da casa de forma moderna e ao passo que mostra as singularidades da moda contemporânea.

A CASACOR possui edições em alguns países da America Latina, como também ao redor do Brasil inteiro. Em Brasília, a exposição acontece agora nos meses de setembro e outubro, já na Bolívia e Peru, 17 de maio e 25 de junho, e 24 de maio e 3 de julho, respectivamente.

Na Bolívia, os irmãos Ana Villagómez e Moisés Villagómez criaram o Loft Refugio Natural, espaço de cem metros² em que a arquitetura e o paisagismo se misturaram de maneira harmônica. A casa recebeu 35 ambientes, projetados por 55 profissionais.

“Usamos muitos materiais nobres, como pedra, revestimento de barro e madeira, e procuramos criar uma conexão entre o ser humano e a natureza”, explicou a paisagista e arquiteta.

Para os ambientes dessa amostra, a aposta é em tons terrosos, couro e elementos em preto que destoam das outras cores do cômodo. Os tons de marrom com a mescla de material estão populares pois dão uma sensação nostálgica e aconchegante ao ambiente. Tons quentes são sempre uma boa pedida para dar um ar de familiaridade ao ambiente.

Já em relação aos móveis em preto, a cor proporciona à sala um refinamento e modernidade. O contraste, nesse caso, é sempre uma boa escolha, principalmente com o resto das peças em dourado e laranja, como exemplifica a decoração da mostra na Bolívia.

No Peru, a mostra contou com a participação de mais de 60 profissionais, entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers. Nessa exposição se destacaram detalhes arredondados e luminárias inusitadas. Móveis com a ausência de quinas estão presentes em luminárias, nas mesas de centro, nos pufes, nos quadros, nos espelhos, nos tapetes e até no encosto das cadeiras da mesa de jantar.

Para a escolha da iluminação, os arquitetos saíram da caixa, escolhendo peças com formatos criativos. Além disso, complementam com cores e estruturas diferentes.

Já a CASACOR Brasília de 2022, celebrará 30 anos em Brasília. A edição comemorativa acontecerá de 3 de setembro a 30 de outubro na Arena BRB Mané Garrincha, no coração da cidade. Ao todo, serão 50 ambientes, todos inspirados no tema Infinito Particular, assim como a edição de São Paulo.

CASACOR São Paulo 2022

Você ainda pode apreciar a mostra para se inspirar e ficar por dentro das tendencias de decoração e design de interiores.

12 min
  1. Home
  2. noticias
  3. cafeina no cha e cafe pode

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.