alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Chip Bluetooth, da Wiliot, que nunca fica sem bateria, deve retirar energia do ar

    Tecnologia poderá ser útil para smartphones e para rastrear mercadorias, por exemplo

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    De acordo com publicação do jornal argentino ''La Nacion'', A empresa Wiliot especializada em chips desenvolveu um novo modelo de sensor adesivo Bluetooth, que não necessita de baterias para funcionar. Ele obtém energia do ar e do espectro de radiofrequência.


    O item foi visto em um evento da federação de varejo dos Estados Unidos em Nova York. E a companhia afirmou que já possui para o seu desenvolvimento um investimento de 50 milhões de dólares. Organizações, como a Amazon e a Samsung, fizeram parte disso.

     

    Esse é o primeiro componente desse tipo que conseguiu demonstrar capacidade de funcionar sem baterias, por meio da energia obtida diretamente do ar, reciclagem de radiação existente por outras tecnologias como Bluetooth, Wi-Fi ou as próprias ondas do espectro de rádio frequência.

     

    Nos Estados Unidos, desde o final de 201, já está aprovada uma tecnologia parecida para recarregar a bateria de controle remotos e outros aparelhos sem fio e a distância.

     

    Segundo a marca, o recurso poderá ser usado em smartphones, em pontos de acesso Wi-Fi e dispositivos IoT.

     

    A nova tecnologia conta com suporte para máquinas, como televisores digitais e conectividade com redes WiFi e de dados móveis LTE.

     

    E poderá ser usada no setor da produção, por exemplo. Possibilitando, provavelmente, aos produtos, que estejam conectados a suas instruções de uso, funcionar como localizador de mercadorias valiosas sem limitações de bateria.

    1. Home
    2. noticias
    3. chip bluetooth da wiliot que …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.