alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Chocolate, com no mínimo 60% cacau, pode ser muito benéfico à saúde

    Quanto mais cacau, maior são as chances do produto ser bom para o organismo

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    Todo mundo já sabe que o chocolate, quando mais amargo, pode ser muito favorável à saúde, dependendo de algumas circunstâncias. Segundo estudos, o produto consegue melhorar a função cognitiva e aliviar inflamações. Mas, a qualidade e a quantidade podem fazer toda a diferença. Somente o consumo regular e equilibrado faz bem ao corpo humano. 

    Para um especialista em dieta de Toronto, no Canadá, o chocolate contém substâncias saudáveis que são encontradas em outros alimentos, como frutas, vegetais. Aliás, se alguém seguir uma dieta balanceada, o chocolate pode agregar ainda mais pontos positivos ao modelo alimentar. Claro que o produto precisa ter no mínimo 60% de cacau. De acordo com o especialista canadense, isso contribui para a adição de nutrientes como fibra, magnésio, ferro e potássio no organismo.

    Ajuda o coração

    Segundo uma pesquisa publicada no periódico científico Heart, o chocolate pode reduzir as chances de ter problemas cardiovasculares. Apenas 12% de quem consumiu esse alimento desenvolveu doenças cardíacas. Já quem não ingeria o chocolate apresentou mais enfermidades do tipo. 


    Alivia inflamações

    O chocolate possui um componente com propriedade antioxidante, chamado de flavonóide. O mais interessante é que esse mesmo item auxilia no crescimento de boas bactérias, que ajudam na 'anti-inflamação' no intestino.

    Melhora a função cognitiva

    Esse território é um pouco novo, mas estudos vem apontando tal benefício.

    O consumo de chocolate amargo, com pelo menos 70% cacau, tem se mostrado como algo capaz de ajudar na modulação da frequência cerebral, no aumento da neuroplasticidade e ainda consegue trazer mais coisas boas à saúde cerebral. 

    Quanto mais cacau melhor


    Segundo essa pesquisa, quanto maior a concentração de cacau, mais positivo pode ser o impacto na cognição, na memória, no humor e na imunidade. 

    Felicidade

    Além de tudo isso, o doce ainda pode ajudar a nos fazer felizes. Pois tem as mesma substâncias químicas, como serotonina, e triptofano, que influem no prazer, as quais o nosso corpo naturalmente cria.

    Outro componente presente é a feniletilamina, produzida pelo nosso cérebro supostamente quando o cupido flecha os nossos corações, o que pode explicar porque tantas pessoas se apaixonam pelo chocolate. 

    1. Home
    2. noticias
    3. chocolate com no minimo 60 …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.