alexametrics
Conectando

    Cientistas criam sonda capaz de detectar células cancerosas em dez segundos

    Hoje, a maioria dos laboratórios precisa de vários dias para determinar se as células cancerosas persistem em amostras tomadas durante uma operação.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Cientistas desenvolveram uma sonda manual que detecta em dez segundos células cancerosas em tecidos. Isso permite que cirurgiões saibam na hora se eliminaram um tumor totalmente, já que resquícios de tecido canceroso que permanecem após um procedimento cirúrgico representam um risco de recaída para o doente.

    Hoje a maioria dos laboratórios precisa de vários dias para determinar se as células cancerosas persistem em amostras tomadas durante uma operação. Com o instrumento, será possível extrair suavemente as moléculas de água contidas nos tecidos, bombeando um volume ínfimo de 10 microlitros, um quinto de uma gota. Estas moléculas são transportadas através de um tubo flexível a um espectrômetro que calcula as diferentes massas moleculares na amostra e determina a presença de células cancerosas.

    Depois de analisarem 253 amostras de tecido humano, tanto cancerosos como saudáveis, de pulmão, ovário, tireoides e mama, os cientistas puderam estabelecer “um perfil molecular” que permite identificar a presença de câncer com um índice de exatidão de mais de 96 por cento.

    Em testes com ratos vivos esta sonda foi capaz de detectar sem erros a presença de células cancerosas, sem danificar os tecidos de onde tiram a amostra.

    “Esta nova tecnologia nos permite ser muito mais precisos para saber que tecido tirar e qual deixar”, considerou James Suliburk, chefe de cirurgia endócrina da Faculdade de Medicina Baylor no Texas Medical Center de Houston, que colaborou com o projeto.

    Os pesquisadores estimam que começarão a testar esta sonda em 2018 em intervenções cirúrgicas para retirar tumores, e fizeram uma solicitação para obter a patente desta tecnologia e sua aplicação nos Estados Unidos.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.