alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Dire Straits é o Artista da Semana

    Uma das bandas mais emblemáticas da história!

    Placeholder - loading - news single img
    Dire Straits - Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    O Dire Straits foi uma banda de rock britânica formada em 1976 pelo vocalista Mark Knopfler, o guitarrista David Knopfler, o baixista John Illsley e o baterista Pick Withers. Mark e David são irmãos, vindos de Glasgow, na Escócia. Com diversas controvérsias, porém grandíssimos sucessos, o grupo ainda é marcado na memória dos fãs e de estudiosos da indústria da música. Confira mais sobre o Dire Straits abaixo.

    Veja também: Nova vídeo Letra e Tradução, “Your Latest Trick”, de Dire Straits

    Quando o vocalista Mark Knopfler completou apenas 7 anos de idade, a família mudou para Newcastle, na Inglaterra. Foi na cidade que os irmãos começaram a estudar guitarra. Mesmo com talento para música, Mark se formou em jornalismo, mas, em paralelo aos estudos, tentou iniciar carreira como artista, porém sem sucesso. David se aproximou do irmão quando convidou Mark para morar em Londres. O guitarrista era funcionário público e já conhecia outro membro, John Illsley, que era baixista nas horas vagas.

    Os três, morando juntos, passaram a se apresentar em pubs esporadicamente, já que todos trabalhavam em locais distintos. Em uma das apresentações, Mark convida Pick Withers, amigo da época em que fazia parte do Brewer’s Droop, banda que Knopfler havia colaborado, para subir ao palco. A estreia oficial da nova banda ocorreu em um festival de punk. Um amigo de Withers, ao assistir à apresentação desastrosa do grupo no evento, sugere a mudança do nome para Dire Straits.

    Com a formação e nome definido, o quarteto finalmente produz uma demo, que contava com o single “Sultans of Swing”, que chamou muita atenção de John Stainze, diretor da Phonogram Records, e solicita um contrato com o grupo no selo Vertigo da gravadora. Em 1978, a banda gravou o primeiro disco homônimo. Incialmente, o sucesso foi imediato no Reino Unido, com o single “Sultans of Swing”, e alcançou as paradas no país. A notoriedade da banda se espalhou pela Europa e, consequentemente, chegou aos Estados Unidos.

    Com a chegada do segundo álbum, “Communiqué”, de 1979, a banda já havia alcançado prestígio internacional. O grupo teve um período sem shows que durou seis meses, e durante este perído estava sendo produzido mais um disco, “Making Movies”, de 1980, que contém os hits “Tunnel of Love” e “Romeo and Juliet”. A produção do álbum marcou o início de diversas reformulações na formação da banda, já que Mark e David se desentenderam diversas vezes durante o andamento, e consequentemente, resultou na saída de David.

    O álbum “Brothers in Arms”, de 1985, é o grande divisor de águas do conjunto, já que foi considerado o disco mais vendido do Reino Unido, na época, alcançando o topo das paradas em diversos países, inclusive no Brasil. Os singles de mais sucessos foram “Brothers in Arms”, “So Far Away”, “Money for Nothing” e “Your Latest Trick”, e todos garantiram as posições mais altas nos rankings internacionais.

    Após a chamada era “Brothers in Arms”, a banda entrou em mais um hiato e Mark Knopfler saiu em carreira solo. Houve uma turnê mundial dentre os anos de 91 e 92, mas não foi tão bem quanto a anterior. Em 1995 a banda encerrou suas atividades oficialmente, após Mark expressar que não queria mais grandes turnês, e que iria focar em tempo integral na produção de material solo e trilhas sonoras de filmes. O grupo reuniu-se novamente para o projeto de 70 anos de Nelson Mandela, em 1988. O Dire Straits ficará para sempre marcado na mente dos fãs, e você pode saber mais sobre a banda ouvindo nosso podcast do artista clicando aqui!

    1. Home
    2. noticias
    3. dire straits e o artista da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.