alexametrics
Conectando

    Especialistas apontam impactos das dietas da moda

    Segundo nutricionistas, a prática do jejum intermitente ou a low-carb, não são as melhores formas para atingir o tão sonhado peso desejado.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Dietas da moda , como o jejum intermitente ou a low-carb, podem até funcionar, mas, talvez não são os métodos mais saudáveis para o controle adequado do peso. Para especialistas, o indicado é realizar uma alimentação balanceada. Esse tipo de regime vai além da estética e do modismo, priorizando a saúde.

    No jejum intermitente, com o objetivo de ingerir menos calorias, pessoas revezam período com e sem comida. Segundo especialistas, a melhor opção seria realizar uma reeducação alimentar, pois, é possível consumir comida de verdade, ao menos uma vez diariamente. Ingerir frutas e verduras, também, são hábitos que fazem parte desse tipo de dieta. Dessa forma, não sobrará tanto espaço para comer produtos industrializados.

    De acordo com psiquiatras, já no caso de dietas low-carb, com restrição de carboidrato ou até mesmo de doces, ambas as alternativas podem fazer com que seja enviada uma mensagem distinta ao cérebro. A mente pode entender que está passando por um período de fome glacial, e por isso, pode despertar a vontade de comer bastante, como dois ou três bolos, afinal, de contas o cérebro compreende que necessita se preparar para esse período de limitação alimentar.

    De qualquer forma, segundo nutricionistas, regimes muito restritivos, seja de carboidratos, proteínas ou até mesmo de gorduras a longo prazo podem não surtir o efeito desejado.  É  possível, sim, ocorrer o emagrecimento, porém, não de modo saudável. Por conta da quantidade de nutrientes ingeridos fora do normal, o peso tende a voltar.


     

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.