alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Especialistas citam vários tipos de dores de cabeça

    Saber identificar a dor é essencial para encontrar o método certo para evita-la ou curá-la.

    Por Letícia Furlan

    Placeholder - loading - news single img

    As dores de cabeça são causadas, em geral, por dois motivos principais: à tensão acumulada nos músculos ao redor da cabeça, ou a mudanças na química do cérebro. A mudança, segundo a médica britânica Anne MacGregor, é decodificada na forma de dor – a tão temida cefaleia.

    Mas há diferentes tipos de dores de cabeça, e por isso cada uma exige intervenções e medicações diferentes. Confira a seguir:

    Tensional

    São as mais comuns e geralmente afetam igualmente os dois lados da cabeça, de forma constante. Elas podem durar de 30 minutos a algumas horas – excepcionalmente, vários dias.

    As causas costumam ser a desidratação, estresse, má postura, falta de sono, tensão muscular no rosto e falta de rigidez com os horários das refeições. A solução costuma ser a mudança no estilo de vida.

    Em ‘cachos’

    É chamado assim porque a dor surge em cachos ou ataques agrupados durante um período contínuo que pode durar até três meses. É mais rara, mas extremamente dolorosa.

    Geralmente aparece em uma determinada época do ano e depois há um período em que as crises desaparecem. Medicamentos comuns como ibuprofeno e paracetamol não costumam ser de grande ajuda nesse tipo de cefaleia. Por isso é necessário consultar um médico, que pode recomendar tratamentos mais específicos e fortes.

    Enxaqueca

    Não é tão comum quanto as dores de cabeça tensionais, mas é extremamente dolorosa. Ela tem o potencial, inclusive, de interferir nas atividades cotidianas dos pacientes.

    Pode causar náusea, vômito e uma forte sensibilidade a luz e barulho. Geralmente dura algumas horas, mas às vezes pode se prolongar por vários dias.

    Para aliviá-la, ou evitá-la, há remédios que dispensam receita médica. Mas, se a dor for muito persistente, recomenda-se recorrer a um médico para avaliar a necessidade de medicação mais forte.

    Hormonal

    Afetam geralmente as mulheres, em decorrência a mudanças nos níveis hormonais associadas ao ciclo menstrual.  Alguns métodos contraceptivos, a menopausa e a gravidez costumam trazer consigo dores de cabeça desse tipo.

    Controlar os níveis de estresse, manter um padrão regular de sono e não pular nenhuma refeição podem ajudar a reduzir o mal-estar.

    Farmacológico

    Algumas dores de cabeça são efeitos colaterais do uso de alguns tipos de medicamento - ou até mesmo do uso excessivo de analgésicos.

    A dor costuma recuar algumas semanas depois de o paciente ter terminado de tomar o medicamento que desencadeou a dor.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. especialistas citam varios …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.