alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Estudo descobre que doença parecida com a poliomielite é causada por vírus

    A doença pode causar paralisia em crianças.

    Placeholder - loading - news single img
    Crianças escrevendo (Foto: Pixabay)

    2365

    Publicada em  

    Os pesquisadores encontraram evidências do que pode causar Mielite Flácida Aguda, conhecida como AFM, uma doença rara semelhante à poliomielite que afeta crianças. De acordo com um estudo publicado segunda-feira na revista Nature Medicine, um vírus parece ser o responsável. As informações são da CNN.

    Desde que os primeiros casos foram documentados em 2012, os cientistas debateram o que origina a AFM, que pode causar fraqueza e paralisia. Alguns pensaram que a causa era um distúrbio autoimune, enquanto outros suspeitavam de um vírus.

    A evidência de um vírus era apenas circunstancial até então, e não podia ser encontrada em 98% dos pacientes com AFM que tiveram seu líquido espinhal testado, de acordo com o estudo.

    Usando uma ferramenta de busca de vírus chamada VirScan, os cientistas foram capazes de examinar o fluido espinhal dos pacientes em busca de uma resposta imune ao enterovírus e a milhares de outros vírus simultaneamente. Usando esse método, a equipe confirmou a presença de anticorpos para as cepas de enterovírus D68 e A71 em quase 70% dos 42 pacientes com AFM testados. Eles não encontraram anticorpos contra nenhum outro vírus.

    "Quando há uma infecção na medula espinhal, as células imunes que produzem anticorpos viajam para lá e produzem mais anticorpos. Achamos que encontrar anticorpos contra enterovírus no fluido espinhal de pacientes com AFM significa que o vírus realmente vai para a medula espinhal", disse Ryan Schubert, pesquisador clínico em neurologia da Universidade da Califórnia, em San Francisco e autor do novo estudo, em comunicado.

    Enterovírus são comuns; eles causam entre 10 e 15 milhões de infecções por ano nos Estados Unidos, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA. Normalmente, os enterovírus causam sintomas como febre, coriza e dores no corpo, e a recuperação é fácil.

    O que ainda não está claro é por que as cepas do vírus estão ligadas à paralisia em algumas crianças quando elas não têm o mesmo impacto nos adultos e por que menos de 1% das crianças infectadas desenvolvem AFM.

    Um outro estudo publicado em agosto na revista mBio usou outro método e encontrou anticorpos para enterovírus em 11 de 14 pacientes com AFM.

    Para a maioria dos pacientes com AFM, os sintomas começam entre agosto e outubro. Houve 20 casos confirmados nos Estados Unidos em 2019.

    Não existe tratamento comprovado para a doença, mas saber como ela começa pode ser o primeiro passo para os cientistas desenvolverem melhores ferramentas de diagnóstico e um dia, talvez, uma vacina para manter as crianças seguras.

    1. Home
    2. noticias
    3. estudo descobre que doenca …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.