alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Ex-empresário de Alanis Morissette será preso

    Jonathan Schwartz foi condenado por desviar 4,8 milhões de dólares da artista

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Em janeiro deste ano, Jonathan Schwartz, foi processado pelo roubo de milhões de dólares de Alanis Morrissette, de quem foi empresário, e de outros artistas. Na última quarta-feira, dia 3 de maio, a juíza o condenou a seis anos de prisão.

    O ex-administrador de negócios trabalhou com a cantora entre 2010 e 2014, período em que roubou cerca de 4,8 milhões de dólares da artista, que foi uma das testemunhas do processo. “Ele não roubou apenas US$ 5 milhões de mim, ele roubou um sonho”, disse a cantora, que afirma que sua capacidade de confiar nas pessoas foi profundamente abalada.

    Schwartz cuidava da parte financeira da carreira de Morissette e, uma das maneiras de desviar dinheiro foi falsificando a assinatura da canadense. A cantora afirmou que, quando o interrogou sobre a situação de suas finanças, este começou a chorar e "se aproveitou" da artista.

    Em carta enviada para a revista norte-americana Hollywood Reporter, o agente pediu desculpas por suas atitudes e revelou que foram motivadas pelo seu vício em apostas. "Apenas eu sou responsável pela devastação que causei. Independentemente do tempo que passarei na prisão, cumprirei a pena de uma vida com a culpa", disse em tribunal.

    Além disso, o empresário se declarou culpado por ter roubado 1,7 milhões de dólares de outra celebridade de um atleta.  Portanto, além de seis anos de prisão, Jonathan deverá abonar US$ 8,65 milhões como indenização total.

     

     

    1. Home
    2. noticias
    3. ex empresario de alanis …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.