alexametrics
Conectando

    George Michael morreu por causas naturais, informa legista

    O resultado foi divulgado nesta terça-feira, dia 7

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    George Michael, que faleceu no dia 25 de dezembro do ano passado, morreu por “causas naturais”, informou o legista Darren Salter, a cargo do caso, nesta terça-feira, dia 7.

    O astro foi encontrado sem vida em sua casa na cidade de Goring-on-Thames, no condado inglês de Oxfordshire, por seu então parceiro, Fadi Fawaz.

    A causa da morte ainda não havia sido concluída, mas os resultados dos novos testes feitos apontaram para uma “cardiomiopatia dilatada com miocardite”.

    O diagnóstico se refere a uma doença do músculo do coração que impede o bombeamento adequado de sangue para o corpo, causando complicações como arritmias, coágulos de sangue e morte súbita.

    Com a investigação encerrada, após três meses, o corpo de George Michael poderá ser enterrado.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.