alexametrics
Conectando

    O músico possuía trabalhos de renomados artistas como Jean-Michel Basquiat e Damien Hirst

    Itens de arte de David Bowie serão leiloados

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Na última quinta-feira, dia 14, a casa de leilões Sotheby's anunciou que cerca de 400 itens de arte, que faziam parte da coleção pessoal de David Bowie, serão expostos e leiloados em novembro deste ano.

    Nomeada “Bowie/Collector”, a mostra, com duração de dez dias, incluirá obras de artistas renomados como Jean-Michel Basquiat e Damien Hirst. Além da capital britânica, lojas da companhia em Los Angeles, Nova York e Hong Kong receberão os objetos.

    Com o leilão, entre os dias 10 e 11 de novembro, se estima que irá "exceder as 10 milhões de libras (quase 12 milhões de euros)", disse a porta-voz da Sotheby's. O evento será dividido em três partes: duas relacionadas com arte moderna e contemporânea, enquanto a terceira será de peças do designer italiano Ettore Sottsass e do Grupo Memphis.

    "Eclética, sem roteiro, sem alarde: a coleção de David Bowie oferece um vislumbre único do mundo pessoal de um dos maiores espíritos criativos do século 20", disse Oliver Barker, presidente da Sotheby's Europa, em um comunicado.

    A casa de leilões ainda revelou que o item mais valioso é "Air Power" (1984), um quadro do americano Jean-Michel Basquiat. O preço estimado da peça gira em torno de 2,5 e 3,5 milhões de libras (2,9 e 4,1 milhões de euros).

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.