alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Japão recruta empresas para criar carros voadores

    Uber e Airbus fazem parte da lista de companhias que devem participar do processo

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    O governo do local visa levar veículos aéreos a todo o país em um prazo de 10 anos. Além dessas duas empresas, haverá outras companhias trabalhando na iniciativa. As informações foram publicadas por um jornal colombiano. 

    O grupo será inicialmente composto por  21 empresas, como a Boeing Co., NEC Corp., uma startup apoiada pela Toyota Motor Corp. chamado Cartivator, ANA Holdings Inc., Japan Airlines Co. e Yamato Holdings Co., de acordo com uma declaração do Ministério do Comércio em Tóquio.


    O governo se comprometeu a proporcionar a assistência adequada para auxiliar a tornar real o conceito de automóveis voadores, como, também, a criação de normas aceitáveis.


    Sem dúvida, os carros voadores estão mais próximos da realidade do que muitos acreditavam. Startups de todo o mundo estão desenvolvendo pequenos aviões, que estavam há pouco tempo apenas no campo dos sonhos.

    Tendo em vista que as companhias japonesas estão atrás de outras globais no desenvolvimento de veículos elétricos e carros autônomos, o governo quer modificar a situação e mostra urgência nessa questão voltada à tecnologia área. Aliás, vai intervir para facilitar a legislação e a infraestrutura para ajudar a conquistar a liderança no segmento.

    A tecnologia terá que obter inúmeras aprovações, que podem demorar vários anos. Aliás, isso só vai ocorrer quando as agências estabelecerem as normas de segurança, sem elas, os viajantes não poderão optar por esse tipo de transporte. Para Yasuo Hashimoto, pesquisador de Japan Aviation Management Research, é crucial que o governo tome a iniciativa e coordene o estabelecimento de tais regras. 

    O ministro da Economia do país, Hiroshige Seko, disse aos jornalistas recentemente que os automóveis voadores podem aliviar os problemas de trânsito urbanos, auxiliar o transporte em ilhas remotas ou áreas montanhosas em momentos de desastres. Sem contar, que  podem ser úteis para a indústria do turismo.

    Pelo mundo

    A empresa Uber investirá 20 milhões de euros nos próximos cinco anos para desenvolver serviços de automóveis voadores em uma nova instalação em Paris. Ela deve começar as operações comerciais de seu negócio de taxis aéreos em 2023.

    Outro caso seria a Kitty Hawk, uma startup com sede em Mountain View, na California, apresentou em junho um protótipo de avião, um veículo de recreação para uma pessoa.

     

    E você acha que essa ideia sairá do papel de forma bem sucedida?


    1. Home
    2. noticias
    3. japao recruta empresas para …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.