Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Johnny Nash, autor do clássico "I Can See Clearly Now", morre aos 80 anos

    Filho do artista, John Nash III disse que o músico foi "um pai maravilhoso e um homem dedicado à família"

    Placeholder - loading - news single img
    Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    Johnny Nash, autor do clássico “I Can See Clearly Now”, morreu nesta terça-feira (6), aos 80 anos. O cantor e compositor norte-americano faleceu em sua casa, de causas naturais, segundo informou o filho do músico ao canal CBS Los Angeles

    Veja também: Johnny Nash - I Can See Clearly Now

    Nascido na cidade de Houston, John Lester Nash Jr. começou a carreira como cantor de pop, na década de 1950, apesar de cantar em igrejas desde criança.

    Foi em 1972 que o artista alcançaria grande ascensão musical, quando lançou o famoso hit “I Can See Clearly Now”. A faixa permaneceu por quatro semanas seguidas no primeiro lugar da Billboard, nos Estados Unidos

    Com mais de um milhão de cópias vendidas, a música – que também faz parte da programação de Clássicos da Antena 1 – foi regravada por artistas como Lee Towers (1982), Jimmy Cliff (1993) e Hothouse Flowers (1990).

    O cantor norte-americano Johnny Nash ficou mundialmente conhecido em 1972 com o hit "I Can See Clearly Now", que você ouve daqui a pouco, no Clássicos Antena 1. #johnnynash #antena1 #clássicos #musica

    Posted by Antena 1 on Monday, 15 August 2016

    Antes disso, Nash, que transitou entre o pop e o reggae, também alcançou grande sucesso com o single “A Very Special Love” (1957), um cover da atriz e cantora norte-americana Doris Day

    Entre outros singles de sucesso do cantor que foi o primeiro não-jamaicano a gravar reggae na Jamaica, estão “Hold Me Tight” (1968), “You Got Soul” (1969), “Cupid” (1969), “Stir It Up” (1972), “Tears On My Pillow” (1975), “Let's Be Friends” (1975) e “Rock Me Baby” (1985).

    Além da música, ele trabalhou como ator em filmes como “Take A Giant Step” (1959) e “Want So Much To Believe” (1971). 

    Ao site TMZ, seu filho John Nash III disse que ele foi “um pai maravilhoso e um homem dedicado à família”. 

    Amava as pessoas e o mundo. Sua comunidade vai sentir falta. A família era tudo para ele”, declarou. 

    1. Home
    2. noticias
    3. johnny nash autor do classico …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.