Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Junho Vermelho: IBCC Oncologia precisa de doações de sangue

Nos meses mais frios há uma queda nas doações e com a pandemia de Covid-19, os bancos de sangue precisam de você

Placeholder - loading - Junho Vermelho – Istock/Divulgação
Junho Vermelho – Istock/Divulgação

Publicada em  

As pessoas que precisam de sangue dependem da generosidade da população. Isso em razão de não existir, até o momento, medicamento que substitua a doação ou uma forma de fabricar sangue. Por isso, a campanha Junho Vermelho, visa envolver governo e população para que ocorra aumento nas doações de sangue nos hemocentros de todo o país.

Veja também: Saiba quais os cuidados essenciais com as máscaras de tecido

O mês de junho foi escolhido por dois motivos. Um deles é por conta do dia 14 do mesmo mês, em que se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue. E a outra questão é de ordem mais prática: os meses mais frios, como junho, julho e agosto, registram uma baixa nas doações nos hemocentros. Além disso, com a pandemia do novo coronavírus, os bancos de sangue tiveram redução significativa nos estoques.

A situação esse ano ficou ainda mais agravada em razão da pandemia pelo novo coronavírus que afastou os costumeiros doadores do IBCC Oncologia”, comenta Juliana Lima, coordenadora do Banco de Sangue do IBCC Oncologia. Ela alerta para a queda nas doações de sangue, nos meses de inverno, que fica entre 30 e 40% menor o que acaba por refletir na realização de cirurgias oncológicas.

O coordenador médico do Banco de Sangue do IBCC Oncologia, Dr. Dante Langhi, que é também presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) ressalta que se o doador for tomar algum tipo de vacina, deve doar sangue antes de vacinar.

O Banco de Sangue do IBCC Oncologia está preparado para receber os doadores e, em tempos do novo coronavírus, disponibiliza esquema especial para evitar aglomerações e manter distâncias seguras entre os doadores. O telefone para agendar dia e horário da doação e evitar a aglomeração desnecessária é (11) 3474-4280.

Menos de 2% da população brasileira é doadora — a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que essa porcentagem esteja entre 3% e 5% para que um país possua um estoque seguro de sangue. Atualmente, de acordo com o Ministério da Saúde, são feitas 3,4 milhões de doações de sangue ao ano no país.

A campanha Junho Vermelho é mais um alerta à sociedade sobre a importância desse ato solidário que pode salvar até 4 vidas numa única doação. Via IBCC Oncologia.

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

A 35º edição da CASACOR São Paulo celebrou a exposição deste ano com o tema “Infinito Particular”. Uma mostra que trouxe diversas tendências do mundo do design, e inovou diversos cômodos. Aqui falaremos um pouco dessas novidades, além de explorar o que esteve em alta nas exibições que aconteceram no Peru, Bolívia e a que vem por aí, em Brasília.

As propostas definitivamente irão te inspirar a valorizar os ambientes da casa de forma moderna e ao passo que mostra as singularidades da moda contemporânea.

A CASACOR possui edições em alguns países da America Latina, como também ao redor do Brasil inteiro. Em Brasília, a exposição acontece agora nos meses de setembro e outubro, já na Bolívia e Peru, 17 de maio e 25 de junho, e 24 de maio e 3 de julho, respectivamente.

Na Bolívia, os irmãos Ana Villagómez e Moisés Villagómez criaram o Loft Refugio Natural, espaço de cem metros² em que a arquitetura e o paisagismo se misturaram de maneira harmônica. A casa recebeu 35 ambientes, projetados por 55 profissionais.

“Usamos muitos materiais nobres, como pedra, revestimento de barro e madeira, e procuramos criar uma conexão entre o ser humano e a natureza”, explicou a paisagista e arquiteta.

Para os ambientes dessa amostra, a aposta é em tons terrosos, couro e elementos em preto que destoam das outras cores do cômodo. Os tons de marrom com a mescla de material estão populares pois dão uma sensação nostálgica e aconchegante ao ambiente. Tons quentes são sempre uma boa pedida para dar um ar de familiaridade ao ambiente.

Já em relação aos móveis em preto, a cor proporciona à sala um refinamento e modernidade. O contraste, nesse caso, é sempre uma boa escolha, principalmente com o resto das peças em dourado e laranja, como exemplifica a decoração da mostra na Bolívia.

No Peru, a mostra contou com a participação de mais de 60 profissionais, entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers. Nessa exposição se destacaram detalhes arredondados e luminárias inusitadas. Móveis com a ausência de quinas estão presentes em luminárias, nas mesas de centro, nos pufes, nos quadros, nos espelhos, nos tapetes e até no encosto das cadeiras da mesa de jantar.

Para a escolha da iluminação, os arquitetos saíram da caixa, escolhendo peças com formatos criativos. Além disso, complementam com cores e estruturas diferentes.

Já a CASACOR Brasília de 2022, celebrará 30 anos em Brasília. A edição comemorativa acontecerá de 3 de setembro a 30 de outubro na Arena BRB Mané Garrincha, no coração da cidade. Ao todo, serão 50 ambientes, todos inspirados no tema Infinito Particular, assim como a edição de São Paulo.

CASACOR São Paulo 2022

Você ainda pode apreciar a mostra para se inspirar e ficar por dentro das tendencias de decoração e design de interiores.

18 H
  1. Home
  2. noticias
  3. junho vermelho ibcc oncologia …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.