alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Mulheres têm menos chances de serem substituídas por máquinas, apontam pesquisas

    Isso porque em economias avançadas, as mulheres, geralmente, ocupam funções que exigem habilidades sociais e empatia

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    Há postos de trabalho os quais são bem complicados de substituir um trabalhador humano por uma máquina. Como por exemplo: Existe uma série de empregos, que incluem uma grande quantidade de mão de obra feminina, e precisam ter certas aptidões de cunho social, como é o caso da enfermagem, educação e assistência social.

    Segundo um jornal espanhol, nas economias avançadas, as mulheres possuem, em média, maior nível educacional e de alfabetização digital do que os homens. Isso proporciona uma grande vantagem no mercado de trabalho, que vive em constante mudança, impactado pela inovação tecnológica.


    De acordo com algumas pesquisas, o medo dos robôs tomarem a maioria das ocupações dos humanos  não está justificado. Mas, é claro que isso varia de acordo com o tipo de trabalho, as tarefas e as habilidades exigidas. Por exemplo: aqueles que exigem esforço físico durante muito tempo ou os manuais, e também, as funções que requerem o uso da aritmética correm mais risco do que os empregos que envolvem o ensino, a alfabetização e a solução de problemas.

    Investigações


    De acordo com um estudo da OCDE, publicado em 2016, o risco de ser trocado por aparatos tecnológicos é inferior para o público feminino do que para o masculino.

    Outra pesquisa recente compara o risco de digitalização dos trabalhos entre oito economias: Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Russia, Turquia, Japão e Coreia. As conclusões foram que, no geral, as mulheres não estão tão ameaçadas quanto os homens. Exceto, no Japão, onde ocorre o contrário.

    Uma coisa é certa fica notório que os postos não qualificados são mais vulneráveis. E em economias mais desenvolvidas, conforme apontou as investigações, o sexo feminino conquistou postos que são exigidos altos níveis de habilidades sociais e empatia e justamente por conta disso acabam sendo mais resistentes à substituição por tecnologias.

    1. Home
    2. noticias
    3. mulheres tem menos chances de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.