alexametrics
Conectando

    O quarto é um projeto do premiado arquiteto japonês Yuji Yamazaki.

    No fim do ano será possível passar férias em suíte subaquática nas Maldivas

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    O Conrad Maldives Rangali Island, um dos mais luxuosos resorts das Maldivas, deve inaugurar em novembro o primeiro quarto subaquático do mundo. Batizada de The Muraka, que significa “coral” no idioma local Dhiveh, a residência com dois pavimentos submersos será mais uma opção de hospedagem no famoso resort.

    Foram precisos cerca de 12 milhões de euros para construir este quarto que simboliza o expoente máximo do luxo, permitindo aos hóspedes uma experiência, literalmente, debaixo de água, com uma panorâmica de 180 graus de vida marinha. Ele poderá hospedar até nove pessoas e conta com dois andares ligados por uma escada em espiral e um elevador.

    À superfície, o andar ocupa 550 metros quadrados e tem uma cama king-size e uma casa de banho com uma banheira virada para o Índico. Quem ali dormir pode contar com um quarto para o mordomo, uma cozinha, um bar e uma zona de jantar. Nos dois decks, um deles com uma piscina infinita, há vários lugares ideais para apreciar a vista.

    O quarto é um projeto do premiado arquiteto japonês Yuji Yamazaki, com o interior minimalista, marcado por paredes e tetos de vidro reflexivo, acabamentos em couro macio e detalhes em mármore e granito.

    “Guiados pela nossa inspiração em oferecer experiências inovadoras e transformadoras aos nossos viajantes globais, a primeira residência submarina do mundo incentiva os hóspedes a explorar as Maldivas de uma perspectiva inteiramente nova abaixo da superfície do mar", disse Ahmed Saleem, arquiteto-chefe do projeto, à revista Forbes.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.