alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Novo robô possui diferencial

    Cientistas norte-americanos criaram dispositivo que se adapta ao entorno e pode reconfigurar a sua própria arquitetura

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    De acordo com publicação de um jornal espanhol, há um robô capaz de mudar a sua forma, pautado na tarefa que vai executar. O primeiro protótipo da tecnologia, foi desenvolvido por pesquisadores norte-americanos, que consegue, em ambientes desconhecidos, reorganizar a sua arquitetura sem a necessidade de um indivíduo de carne osso controlar a situação. 

    O invento pode, em um lugar desconhecido, por exemplo, detectar um objeto, recolhê-lo e levá-lo a uma área específica. O recurso configura a sua arquitetura, de acordo com o objetivo o qual é destinado e pautado nos obstáculos que pode encontrar no meio. Essas habilidades foram demonstradas em três experimentos descritos em um estudo publicado recentemente na  Science Robotics. 

    Para um dos autores do trabalho, Jonathan Daudelin da Cornell University, localizada no estado de Nova York, existem robôs capazes de subir muito bem escadas, porém, não saberiam passar por uma fenda.

    De acordo com um coautor e docente da Universidade da Pennsylvania, Mark Yim, visando superar esse problema, há cerca de 25 anos, vários grupos de pesquisa têm explorado como usar um tipo de robô, definido como modular, que são sistemas formados por elementos robóticos repetidos (módulos), e podem se conectar um com o outro para criar estruturas diferentes com funções distintas.

     

    Por conta de tais capacidades e características, esse tipo de recurso tem o potencial de se adaptar ao que está ao seu redor.

    ?O grupo desenhou um sistema central inteligente que integra algoritmos e sensores capazes de governar a ação de uns módulos robóticos cúbicos e modificá-las, conforme a percepção do entorno. O resultado do trabalho foi a realização do aparelho, que por exemplo, de um veículo de exploração, se transforma em uma máquina recolhedora de objetos.

     

    Três testes 

     

    No primeiro teste, o robô teve que encontrar dois pequenos objetos, um de cor rosa e outro verde, colocados em um quarto entre vários obstáculos. O objetivo final era pegar os produtos e levá-los a uma área marcada em azul, localizada em outro ponto do quarto.

     

    No segundo, ele tinha que colocar outro objeto dentro de uma caixa, localizada em cima de umas escadas. Já no terceiro, a missão era por um adesivo em um ponto delimitado de uma caixa marcado em rosa.

    Para realizar as tarefas, a máquina explorou o local com suas câmaras e sensores, desenhou um mapa 3D do lugar e decidiu como configurar os módulos, que podem ser desconectados do eixo central da máquina e se mover livremente, de acordo com as indicações do sistema inteligente instalado nele e por meio de uma conexão wi-fi.

    1. Home
    2. noticias
    3. novo robo possui diferencial

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.