alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Para diabéticos: Comer carboidrato por último pode ajudar a controlar glicose, aponta estudo

    De acordo com nova pequisa americana, sequencia da alimentação, deixando o carboidrato para o final pode ajudar a equilibrar níveis de glicose no sangue.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Segundo novo estudo americano, deixar para comer carboidratos no final da refeição pode ajudar quem tem diabetes a controlar os níveis de glicose no sangue.

    Esse grupo alimentar é responsável pelo aumento dos níveis de glicose, por isso, inúmeros diabéticos tentam diminuir bastante esse tipo de comida.

    Mas, segundo  pesquisa, a ordem em que se come os alimentos pode influenciar no nível de glicose no sangue. Sendo o indicado comer os carboidratos por último.

     

    O grupo de pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade Cornell, nos Estados Unidos detectaram que se os portadores de diabetes começarem as refeições se alimentando por carnes e vegetais, isso evitaria o consumo exagerado de carboidrato. Esse procedimento gera o pico de glicose, um efeito semelhante ao da insulina.

    Estudiosos reconhecem a dificuldade em diminuir a quantidade de carboidratos na dieta, apesar de ser o indicado a diabéticos, muitas vezes. Por isso, a estratégia de comer alimentos desse grupo por último pode tornar o regime de quem possui essa enfermidade um pouco menos restritivo.

    No entanto, mais estudos precisam ser feitos para que essa dica passe a ser aplicada no cotidiano de pacientes.

    A pesquisa

    Durante o estudo, 16 participantes com diabetes tipo 2 comeram a mesma refeição três vezes, consumindo cada item – pão, frango, salada e suco de laranja – em uma sequencia distinta.

     
    Ao comer o pão por último, os níveis de glicose no sangue ficavam 50% menores se comparados às taxas de voluntários que comeram o pão primeiro.

    Quem deixou o alimento por último, equiparado com os participantes que comeram todos os componentes da refeição juntos, apresentou índices 40% inferiores.

    Outro benefício da técnica é que ela está relacionada a uma menor secreção de insulina e níveis mais elevados de um hormônio do intestino que auxilia no equilíbrio da glicose e até mesmo na saciedade.

    1. Home
    2. noticias
    3. para diabeticos comer …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.