alexametrics
Conectando

    Pessoas casadas, com doença cardíaca, morreram menos

    Taxa de mortalidade de casados, com algum tipo de enfermidade cardíaca, quando comparado aqueles com outro estado civil, foi menor

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Segundo estudo, pessoas casadas, que tinham algum fator de risco cardiovascular, apresentaram taxas de mortalidade mais baixas. Pesquisa, que levou em conta o impacto do estado civil, foi realizada durante três anos no Reino Unido e foi divulgada recentemente.


    O objetivo do levantamento era investigar a influência da situação civil na mortalidade de pessoas que tinham algum problema cardiovascular. Participantes estavam internados com doenças coronarianas agudas, hipertensão, colesterol elevado e diabetes tipo 2.

    Os casados de ambos os sexos que tinham doenças cardíacas, outros fatores de risco, ou até mesmo sofreram de infarto, tiveram melhora e apresentaram taxas de mortalidade menores durante o período acompanhado. Especialistas apontaram que deve ser feito um gerenciamento da saúde cardiovascular com os indivíduos. Mas, o grupo que necessita de maior atenção é quem vive isolado e possui enfermidades voltadas ao coração.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.