alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Principal suspeito de ataque em Estrasburgo é morto pela polícia

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    Por John Irish e Christian Hartmann

    ESTRASBURGO/PARIS (Reuters) - O atirador suspeito de ter matado três pessoas em um mercado de Natal em Estrasburgo na terça-feira foi morto pela polícia, confirmou o ministro do Interior da França, Christophe Castaner, nesta quinta-feira, após 48 horas de buscas

    Ele disse que três policiais encontraram um homem que eles acreditavam ser Cherif Chekatt na rua e foram prendê-lo. O suspeito se virou para atirar e eles atiraram e o mataram.

    Chekatt foi morto na área de Neudorf/Meinau, a cerca de dois quilômetros de onde ele realizou seu ataque na terça-feira, após uma operação policial que começou por volta das 18h (no horário de Brasília), de acordo com fontes policiais.

    Repórteres da Reuters próximos ao local ouviram de três a quatro tiros após uma enorme operação policial com forças armadas das unidades de elite. Um helicóptero policial sobrevoava a região.

    O número de mortos no ataque de terça-feira subiu a três enquanto a polícia varria a cidade do leste da França nesta quinta-feira pelo segundo dia e instalou pontos de controle na fronteira com a Alemanha.

    A polícia emitiu um cartaz de procurado de Chekatt, o principal suspeito do ataque e que estava em uma lista de potenciais ameaças à segurança, em diversas línguas.

    Autoridades afirmam que o homem de 29 anos teria desenvolvido visões religiosas radicais enquanto estava preso.

    Mais cedo, policiais armados e mascarados varreram bairros de Estrasburgo com agentes de elite espalhados por três localidades no fim da tarde, incluindo a área onde Chekatt foi visto pela última vez.

    O gabinete do promotor em Paris disse que os pais e dois irmãos de Chekatt estavam sob custódia. Duas de suas irmãs em Paris também foram interrogadas nesta quinta-feira e houve buscas na casa de uma delas, disse uma fonte judicial.

    (Reportagem adicional de Gilbert Reilhac em Estrasburgo, Antony Paone, Richard Lough, Emmanuel Jarry em Paris e Michelle Martin e Paul Carrel em Berlim)

    1. Home
    2. noticias
    3. principal suspeito de ataque …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.