alexametrics
Conectando

    O estudo contraria a crença popular e também as tradicionais recomendações médicas.

    Quem come mais queijo pode ter menos risco de desenvolver colesterol

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    De acordo com estudo do Food for Health Ireland, da Universidade College Dublin, na Irlanda, pessoas que comem mais queijo são mais magras que as demais. O consumo maior do alimento também não foi associado ao aumento nos níveis do colesterol.

    Outras pesquisas já haviam sugerido que a gordura presente no queijo não aumenta o colesterol ruim devido ao conjunto de ingredientes que ele contém. A gordura saturada pode aumentar ambos os colesteróis, o bom e o ruim.

    Os cientistas estudaram o impacto de uma dieta rica em laticínios - que inclui alimentos como leite, queijo, iogurte, manteiga e requeijão – em 1.500 pessoas com faixa etária entre 18 e 90 anos. Eles descobriram que aqueles que consumiam diariamente grandes quantidades desses produtos apresentavam um IMC mais baixo, menores porcentagens de gordura, menor circunferência de cintura e menor pressão arterial.

    Uma das explicações para o efeito benéfico do queijo é o fato de que suas gorduras concentradas têm efeito cardioprotetor, bloqueando parte da formação de colesterol e triglicérides no fígado.

    Os resultados, no entanto, são polêmicos, visto que as atuais recomendações médicas defendem a redução do consumo de gorduras saturadas

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.