alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Restaurante, em Toronto, no Canadá propõe jantar no escuro

    Funcionários com problemas na visão fazem parte do staff do lugar

    Por Larissa Valença

    Placeholder - loading - news single img

    Já imaginou ir a um restaurante onde você pode saborear a refeição em um ambiente totalmente escuro? Assim, outros sentidos são despertados, como o paladar e audição. E além disso, já pensou ser atendido e servido por pessoas que são cegas ou têm algum problema visual? Certamente, essa é uma experiência bem diferente.‘O.Noir’, localizado em Toronto, no Canadá tem exatamente essa proposta.

    Aliás, existem diversos estabelecimentos do gênero espalhados pelo mundo, como o 'Dans le Noir', na França e o 'Opaque', nos Estados Unidos.


    Para quem planeja uma viagem a grande cidade canadense vale a pena a visita.

    Onde fica

    O ideal é realizar a reserva com certa antecedência. Ao chegar no lugar, que tem fácil localização bem no centro, próximo e estação de metrô Bloor-Yonge, na intersecção da Church Street e Charles Street, você pode até passar reto. Pois a fachada  é discreta. Então, já sabe fique atento.

    Como funciona

    Logo na entrada, o público já é recepcionado por alguém com certo grau de deficiência visual e ao entrar no local, composto por bastante cores escuras, aos poucos, já é possível ir se ambientando para a grande aventura: o consumo da refeição.

    Há um espaço iluminado com um bar e mesas espalhadas para que você possa escolher o que vai comer. Normalmente, a refeição é composta por entrada, prato principal e sobremesa. Não é algo muito barato, então, se estiver disposto a ter essa vivência, prepare o bolso. Aliás, há a opção de eleger um ‘prato surpresa’, assim, na completa escuridão, o paladar sozinho será o responsável por identificar qual é o alimento que está sendo ingerido.

    Depois disso é hora de entrar na pequena sala no breu total, o cliente é guiado por um garçom, que tem algum problema visual, até o local. Lembrando que não é permitido o uso de celulares no lugar, onde ocorre o almoço ou o jantar. E o motivo é obvio o dispositivo estragaria toda a magia.

    Ao entrar, o garçom guia o consumidor até a mesa e o ajuda a detectar onde está a cadeira, por exemplo. Após se acomodar, quando as refeições forem chegando o garçom irá se aproximar do consumidor e apontar que o prato chegou. Assim, o cliente é quem deve colocar a refeição em cima da mesa.

    Comer no escuro é uma tarefa desafiadora, principalmente, lidar com o uso dos talheres. Porém, a sensação é única. Nesse momento, há pessoas que têm sentidos, como a audição, mais aguçados, outras o paladar, o curioso, é que pode parecer uma novidade sentir o sabor de alimentos que você já comeu a sua vida toda submetido a aquelas condições.

    Principalmente, em se tratando do prato surpresa, pode ser uma grande tarefa descobrir o que está mastigando. Fora a imaginação, é bem interessante criar na sua própria mente como é, de fato, aquele espaço, qual seria a cor dos objetos, por exemplo.


    Além de estimular todos esses sentidos, com a ida ao lugar, é possível se conscientizar e compreender as dificuldades vividas por quem tem esse tipo de deficiência. 


    O restaurante emprega pessoas cegas ou com algum problema do gênero, o que é uma forma de inclusão social.

    1. Home
    2. noticias
    3. restaurante em toronto no …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.