alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE alcolumbre

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Senadores não necessariamente aprovarão a reforma da Previdência do governo, diz Alcolumbre

    Senadores não necessariamente aprovarão a reforma da Previdência do governo, diz Alcolumbre

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), transmitiu nesta sexta-feira ao presidente Jair Bolsonaro a mensagem que a Casa está aberta a discutir a reforma da Previdência, mas não necessariamente irá aprovar o texto a ser enviado pelo governo no próximo dia 20.

    Segundo Alcolumbre, que se reuniu com Bolsonaro nesta manhã, deve ser criada uma subcomissão do Senado para acompanhar as discussões da proposta enquanto ela tramitar na Câmara.

    “Eu falei para ele (Bolsonaro) o que estou declarando na imprensa: eu sinto que o Senado está disposto a ajudar o Brasil. A conversa com os senadores sempre foi a mesma, eles querem ajudar o país, mas querem debater a reforma”, disse Alcolumbre a jornalistas.

    “O Senado vai debater democraticamente, com a autoridade do Senado, que é a autoridade constituída pelo voto popular de debater a proposta. Então, não necessariamente o Senado vai aprovar o que o governo manda, não é só nessa matéria, todas as outras”, acrescentou.

    O senador relatou ter informado o presidente que o “sentimento de aprovar a reforma é gigantesco”, mas será aprovado um texto que “os senadores entenderem como uma reforma boa para o Brasil”.

    O presidente do Senado explicou que conversará com a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, senadora Simone Tebet (MDB-MS), sobre a criação da subcomissão no colegiado, na intenção de acompanhar a tramitação da proposta na Câmara e eventualmente fazer sugestões.

    “Eu acho importante isso para a gente queimar etapas dentro da discussão”, disse o senador. “A matéria vai chegar no Senado bem arredondada para a gente dar a nossa opinião e votar a matéria”, afirmou Alcolumbre, que acredita na possibilidade de votação da reforma ainda no primeiro semestre.

    BEBIANNO

    Sobre a crise com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, em caso envolvendo a distribuição de recursos para candidaturas acusadas de serem de fachada no período que presidiu o PSL, Alcolumbre afirmou que a “crise é do governo” e que o mesmo deve buscar uma solução.

    O senador tentou não opinar sobre declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que na véspera alertou para o risco de o caso contaminar as discussões sobre a reforma da Previdência, mas disse não acreditar que a crise trave o andamento da proposta.

    “Acho que não (trava). Eu acho que os parlamentares, volto a repetir para vocês, eu estou falando pelo Senado, eu tenho conversado com muitos senadores nesse processo e os senadores têm o sentimento de aguardar a reforma para debater com a sociedade para votar a reforma.”

    (Reportagem de Maria Carolina Marcello)

    0

    0

    33

    2 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Mourão diz que vitória de Alcolumbre foi 'excelente trabalho' de Onyx

    Mourão diz que vitória de Alcolumbre foi 'excelente trabalho' de Onyx

    BRASÍLIA (Reuters) - O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, creditou nesta segunda-feira ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a vitória de Davi Alcolumbre (DEM-AP) na eleição para a presidência do Senado, e comemorou o resultado das eleições para o comando das duas casas do Congresso.

    'Os dois resultados foram muito bons, agora vamos aguardar o começo dos trabalhos', disse Mourão a jornalistas. Questionado sobre a vitória de Alcolumbre, o vice-presidente afirmou: 'Foi um excelente trabalho do ministro Onyx, muito bem feito. Ele está de parabéns.”

    Alcolumbre foi eleito presidente do Senado no início da noite de sábado, em primeiro turno, após uma eleição que começou na véspera sob forte beligerância e que teve uma reviravolta com a decisão do senador Renan Calheiros (MDB-AL) de renunciar à candidatura.

    Renan renunciou após o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, ter revelado voto em Alcolumbre. O senador do DEM foi eleito com 42 votos, um a mais do que o mínimo necessário para ganhar o pleito já na primeira etapa, e ocupará a presidência da Casa até 2021.

    Com a eleição de Alcolumbre, o DEM se fortalece ainda mais: o partido terá os presidentes do Senado e da Câmara, com a reeleição na véspera de Rodrigo Maia (RJ), e ainda os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; da Agricultura, Tereza Cristina, e da Saúde, Luiz Mandetta.

    (Por Lisandra Paraguassu)

    0

    0

    16

    1 S

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. alcolumbre

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.