alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE australia

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Ataque a faca deixa 1 morto na Austrália; Estado Islâmico reivindica autoria

    Ataque a faca deixa 1 morto na Austrália; Estado Islâmico reivindica autoria

    Por Tom Westbrook e Sonali Paul

    MELBOURNE (Reuters) - Um homem ateou fogo a uma caminhonete carregada de cilindros de gás no centro da cidade australiana de Melbourne nesta sexta-feira e esfaqueou três pessoas, deixando um morto, antes de ser baleado pela polícia, no que está sendo tratado como um ataque terrorista.

    A caminhonete, que estava repleta de cilindros de gás para churrasqueira, ficou em chamas na movimentada rua Bourke enquanto o motorista, nascido na Somália, esfaqueava transeuntes e atacava policiais.

    Os cilindros não explodiram e o fogo foi apagado em 10 minutos, quando o ataque também já havia acabado.

    Em publicação em seu site de notícias, o Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ato. Sem fornecer evidências, o grupo disse que um de seus combatentes conduziu um ataque a faca em Melbourne nesta sexta-feira, no qual uma pessoa morreu e duas ficaram feridas.

    'Ainda estamos tentando entender se ele ateou fogo no veículo e depois saiu do carro ou se ele saiu do carro e então o veículo pegou fogo', disse o comissário de polícia do Estado de Victoria, Graham Ashton, a repórteres.

    Vídeo publicado no Twitter e transmitido na televisão mostrava um homem apontando uma faca a dois policiais no movimentado centro da cidade, enquanto um carro queimava no fundo.

    Em seguida, um dos policiais atirou contra o homem e então caiu no chão segurando o peito, segundo o vídeo. Outras imagens mostraram duas vítimas esfaqueadas estiradas no chão e sangrando.

    O agressor morreu em um hospital, assim como uma das vítimas, disse Ashton. 'Com base no que sabemos sobre esse indivíduo, estamos tratando isso como um incidente terrorista', disse sobre o agressor.

    A polícia não identificou o responsável pelo ataque, mas Ashton disse que o homem era conhecido da polícia e de serviços de inteligência devido a associações familiares.

    Todas as vítimas eram homens, disse Ashton, se recusando a identificá-las porque a polícia ainda está entrando em contato com as famílias.

    Ashton disse que não há mais uma ameaça ao público, mas que a segurança será reforçada em eventos planejados para o final de semana.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Austrália festeja casal real após anúncio de gravidez de Meghan

    Austrália festeja casal real após anúncio de gravidez de Meghan

    Por Paulina Duran

    SYDNEY (Reuters) - Multidões lotaram a Ópera de Sydney e o porto da capital australiana, nesta terça-feira, para tenta ver de perto o príncipe Harry e a mulher, Meghan, na primeira aparição dos dois na Austrália desde o anúncio do casal real britânico de que estão esperando um filho.

    O casal começou sua viagem oficial pela Austrália com um passeio de carruagem pelo porto para saudar multidões que lotaram a Ópera de Sydney, inaugurada pela avó de Harry, a rainha Elizabeth, há 45 anos.

    'Estamos ambos absolutamente encantados em estar aqui. Nós genuinamente não podemos pensar em um lugar melhor para anunciar o bebê, seja um menino ou menina', disse Harry durante recepção na residência oficial do governador-geral da Austrália.

    O Palácio de Kensington anunciou na segunda-feira que o duque e a duquesa de Sussex estão esperando seu primeiro filho. A criança será a sétima na linha sucessória do trono britânico, e o oitavo neto da rainha Elizabeth.

    Milhares de pessoas se reuniram no porto e na Ópera de Sydney, onde o casal apertou mãos e abraçou membros do público.

    'Eu quero ver o casal real. Eles são jovens, um sopro de ar fresco para a família real e os australianos os amam', disse Marvin Lester, que compareceu a todas as visitas reais à Austrália desde 1954.

    'Há muito sentimento por uma república aqui na Austrália mas eu admiro ter uma família real', disse.

    A Austrália, uma monarquia constitucional cujo chefe de Estado é a monarca britânica, votou em 1999 contra se tornar uma República.

    A parcela da população que defende a implementação de uma República é de cerca de 50 por cento, segundo pesquisa divulgada em janeiro, um nível que tem permanecido em grande parte inalterado nos últimos anos, e há pouca movimentação para colocar a questão de volta em pauta durante o reino da rainha Elizabeth.

    O governador-geral da Austrália, Sir Peter Cosgrove, representante da rainha no país, deu ao casal os primeiros presentes de seu bebê: um canguru de pelúcia e um par de botas da marca Ugg.

    (Reportagem Adicional de Tom Westbrook)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Arcebispo australiano é condenado a 1 ano de prisão por acobertar abusos sexuais

    Arcebispo australiano é condenado a 1 ano de prisão por acobertar abusos sexuais

    Por Tom Westbrook

    SYDNEY (Reuters) - Um arcebispo australiano que se tornou a maior autoridade religiosa do mundo condenada por ocultar abusos sexuais de crianças na Igreja Católica foi sentenciado a 1 ano de prisão nesta terça-feira.

    Philip Wilson, de 67 anos, continuará livre sob fiança enquanto autoridades prisionais avaliam sujeitá-lo à prisão domiciliar, ao invés da convencional, e irá a um tribunal no mês que vem, quando se decidirá onde cumprirá sua pena.

    Não há remorso ou contrição por parte do transgressor , disse o magistrado da corte de Newcastle, Robert Stone, a respeito de Wilson, em comentários sobre a sentença enviados por email.

    O transgressor é uma figura de alto escalão em uma das instituições mais respeitadas de nossa sociedade... os paroquianos foram traídos da maneira mais insensível e cruel por causa de sua fé, confiança e respeito equivocados, não só pelo perpetrador mas, como neste caso, por aqueles que sabiam e o ocultaram .

    Wilson foi condenado em maio por não revelar à polícia os abusos de outro padre, James Fletcher, depois de ser informado a seu respeito em 1976 por duas vítimas, incluindo um coroinha que fez a revelação no confessionário.

    Em 2004 Fletcher foi considerado culpado de nove acusações de abuso sexual infantil, e morreu na prisão em 2006 devido a um derrame.

    Os advogados de Wilson, que insistiu em sua inocência durante todo o processo legal, argumentaram que ele não sabia que Fletcher havia abusado de um menino.

    Embora sua pena seja menor do que a de um veredicto semelhante emitido nos Estados Unidos, e apesar do fato de que não foi preso de imediato, ela foi celebrada pelos sobreviventes de abusos como uma vitória importante.

    Este é um caso emblemático em todo o mundo... a condenação permanece , disse Peter Creigh, que foi abusado por Fletcher, aos repórteres diante da corte de Newcastle, ao norte de Sydney.

    A Conferência Australiana de Bispos Católicos, principal entidade católica do país outrora comandada por Wilson, disse em um comunicado que espera que a sentença leve alguma sensação de paz e cura às vítimas.

    Wilson corria o risco de receber uma pena máxima de dois anos de prisão, e o jornal Newcastle Herald relatou que ele não demonstrou nenhuma emoção quando a pena foi comunicada. Ele terá direito a pedir liberdade condicional depois de seis meses.

    Em dezembro o tribunal foi informado que Wilson se encontra nos primeiros estágios do Mal de Alzheimer, um fato que pode ser levado em conta quando se determinar onde ele cumprirá a pena.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. australia

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.