alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE aviao

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Investigadores acreditam que sistema anti-stall foi ativado em avião que caiu na Etiópia, diz WSJ

    Investigadores acreditam que sistema anti-stall foi ativado em avião que caiu na Etiópia, diz WSJ

    Por David Shepardson

    WASHINGTON (Reuters) - Investigadores que analisam a queda de um Boeing 737 MAX na Etiópia que matou 157 pessoas chegaram à conclusão preliminar de que um sistema anti-stall foi ativado antes de o avião atingir o solo, noticiou o Wall Street Journal nesta sexta-feira, citando pessoas a par do assunto.

    Investigadores de segurança aérea dos Estados Unidos analisaram dados das caixas-pretas que estavam a bordo do voo 302 da Ethiopian Airlines, disseram quatro pessoas informadas sobre a investigação à Reuters na quinta-feira. Um relatório preliminar é esperado para o início da semana que vem, segundo as autoridades dos EUA.

    O avião caiu no dia 10 de março, pouco depois de decolar de Adis Abeba.

    Os investigadores da queda fatal de um avião 737 MAX na Indonésia em outubro também se concentraram no novo sistema anti-stall, chamado MCAS. Na quarta-feira, a Boeing informou que uma atualização planejada do software evitará a operação repetida do sistema, que está no cerne dos temores com a segurança.

    O modelo 737 MAX da Boeing, aquele que vendeu mais rápido e que tem encomendas de mais de 500 bilhões de dólares, foi suspenso globalmente pela Agência Federal de Aviação norte-americana (FAA) e por outras agências reguladoras, mas as empresas aéreas ainda têm permissão de usá-los sem passageiros para transferência entre aeroportos.

    A fabricante disse ter desenvolvido um pacote de treinamento ao qual os pilotos do 737 MAX têm que se submeter antes de a suspensão mundial ser anulada, afirmando, como havia feito antes das duas quedas fatais, que estes pilotos não precisam se preparar em simuladores de voo para operar as aeronaves com segurança.

    Na quinta-feira, a família de Jackson Musoni, cidadão de Ruanda que morreu no acidente da Ethiopian Airlines, iniciou uma ação civil contra a Boeing em um tribunal federal da cidade norte-americana de Chicago.

    A ação civil alega que a Boeing cometeu um erro no projeto do sistema de controle de voo automatizado. A empresa disse que não pode comentar a ação civil.

    A quantidade e a qualidade do treinamento que a Boeing e as empresas aéreas proporcionam aos pilotos do 737 MAX é uma das questões em análise agora que investigadores de todo o mundo tentam determinar as causas dos dois acidentes com aviões 737 MAX em um período de cinco meses.

    O Departamento de Justiça dos EUA está investigando o processo de desenvolvimento da Boeing e o que a empresa revelou sobre o MCAS.

    (Reportagem adicional de Eric M. Johnson, em Seattle; Alwyn Scott e Allison Lampert, em Nova York; e Jamie Freed, em Cingapura)

    0

    0

    54

    3 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia China e Indonésia suspendem Boeing 737 MAX 8 após acidente na Etiópia

    China e Indonésia suspendem Boeing 737 MAX 8 após acidente na Etiópia

    Por Aaron Maasho e Stella Qiu

    ADIS ABEBA/PEQUIM (Reuters) - China, Indonésia e Etiópia suspenderam os voos do avião 737 MAX 8, da Boeing, nesta segunda-feira, ao passo que investigadores encontraram a caixa-preta de um acidente que matou 157 pessoas no domingo, no segundo desastre envolvendo o mesmo modelo de aeronave em seis meses.

    O desastre ocorreu poucos meses após um jato de mesmo modelo cair na Indonésia, matando 189 pessoas, e desencadear um susto global na segurança da aviação.

    A aeronave da Ethiopian Airlines com destino a Nairóbi caiu minutos depois da decolagem em Adis Abeba no domingo, matando todos a bordo. As vítimas vieram de 33 nações e incluíram 22 funcionários da Organização das Nações Unidas (ONU).

    'O avião estava bem próximo ao chão e fez uma curva. Nós olhamos e vimos papeis caindo dele', contou Malka Galato, fazendeira dona da área em que a aeronave caiu, à Reuters.

    'As vacas que estavam no pasto correram em pânico... Havia fumaça e faíscas saindo da parte traseira do avião.'

    A aeronave tentou alçar voo novamente, mas falhou. Depois, desviou rapidamente antes de bater, deixando um rastro de fumaça branca e objetos, incluindo roupas, disse o fazendeiro Tamirat Abera, que estava andando nas proximidades.

    A descoberta da caixa-preta com o gravador de voz da cabine e os dados digitais de voo, informada pela TV estatal da Etiópia, devem revelar detalhes sobre a causa da queda.

    O preço das ações da Boeing despencou com a possibilidade de que dois acidentes desse tipo em tão pouco tempo pudessem revelar falhas em seu novo avião. A empresa já aceitou encomendas de mais de cinco mil dos novos aviões de alta economia de combustível, que entraram em serviço há menos de dois anos e devem ser os pilares de trabalho das companhias aéreas em todo o mundo por décadas.

    'Embora ainda não saibamos a causa do acidente, tivemos que decidir suspender a frota em particular como medida extra de segurança', disse a Ethiopian Airlines. A companhia tem outros quatro jatos 737 MAX 8, de acordo com o site de rastreamento de voos FlightRadar24.

    0

    0

    44

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Queda de avião da Ethiopian Airlines mata 157 pessoas

    Queda de avião da Ethiopian Airlines mata 157 pessoas

    Por Duncan Miriri e Maggie Fick

    NAIRÓBI (Reuters) - Um avião da Ethiopian Airlines para Nairóbi caiu minutos após a decolagem neste domingo, matando todos as 157 pessoas a bordo e levantando questões sobre a segurança do Boeing 737 MAX 8, um novo modelo que também caiu na Indonésia em outubro.

    O voo deixou o aeroporto de Bole em Adis Abeba, capital da Etiópia, às 8h38, horário local, antes de perder o contato com a torre de controle poucos minutos depois, às 8h44.

    “O piloto mencionou que teve dificuldades e que queria voltar”, disse o presidente-executivo da Ethiopian Airlines, Tewolde GebreMariam, em coletiva à imprensa.

    “Não há sobreviventes”, tuítou a companhia aérea, junto com uma foto de Tewolde segurando destroços dentro de uma enorme cratera no local do acidente.

    Passageiros de 33 países estavam a bordo, disse Tewolde.

    Entre os mortos estão cidadãos quenianos, etíopes, norte-americanos, canadenses, franceses, chineses, egípcios, suecos, britânicos, holandeses, indianos, eslovacos, austríacos, suecos, russos, marroquinos, espanhóis, poloneses e israelenses.

    Pelo menos quatro trabalhavam para as Nações Unidas, disse a companhia aérea, o que foi confirmado pelo diretor do Programa Mundial de Alimentos da ONU.

    Nos aeroportos de Nairóbi e Adis Abeba muitos parentes de passageiros desesperados estavam buscando informações.

    “Estamos apenas esperando pela minha mãe. Só estamos esperando que ela tenha pegado um voo diferente ou esteja atrasada. Ela não está atendendo o telefone”, disse Wendy Otieno, segurando o telefone e chorando.

    A aeronave, um Boeing 737 MAX 8, é do mesmo modelo que caiu no Mar de Java pouco depois da decolagem de Jacarta, em 29 de outubro, matando todas as 189 pessoas a bordo de um voo da Lion Air.

    A causa da queda ainda está sendo investigada.

    Um alto funcionário do governo dos EUA disse que era cedo demais para dizer se havia alguma conexão direta entre os dois acidentes, mas que rever a questão estaria entre as principais prioridades para os investigadores.

    O 737 é o avião de passageiros moderno mais vendido do mundo e é considerado um dos mais confiáveis da indústria.

    A nova aeronave da Ethiopian não tinha registro de problemas técnicos e o piloto tinha um “excelente” registro de voo, disse Tewolde em uma coletiva de imprensa.

    “Nós recebemos o avião em 15 de novembro de 2018. Ele voou mais de 1.200 horas. Havia voado de Joanesburgo mais cedo esta manhã”, ele disse.

    “VELOCIDADE INSTÁVEL”

    O voo ET 302, registrado sob o número ET-AVJ, caiu perto da cidade de Bishoftu, a 62 km a sudeste da capital, Adis Abeba, com 149 passageiros e oito tripulantes a bordo, disse a companhia aérea.

    O voo teve velocidade vertical instável após a decolagem, disse no Twitter o site de rastreamento de voos Flightradar24.

    A aeronave se despedaçou em diversos fragmentos e foi severamente queimada, disse um repórter da Reuters que estava no local. Roupas e objetos de uso pessoal estavam espalhados pelo campo onde o avião caiu.

    Não ficou claro o que causou a queda. A Boeing enviou condolências às famílias e disse que estava pronta para colaborar com as investigações.

    FAMILIARES ANGUSTIADOS

    No aeroporto de Nairóbi, muitos parentes de passageiros estavam esperando no portão há horas, sem informações das autoridades aeroportuárias. Alguns foram informados do acidente pelos jornalistas.

    Robert Mutanda, de 46 anos, esperava que seu cunhado viesse do Canadá.

    “Não, nós não vimos ninguém da companhia aérea ou do aeroporto”, disse ele à Reuters às 13h, mais de três horas após a perda de contato com o voo. “Ninguém nos disse nada, estamos aqui apenas esperando o melhor.”

    Autoridades quenianas só chegaram ao local às 13h30, no horário local.

    James Macharia, secretário de gabinete para os transportes, disse que soube do acidente pelo Twitter.

    As famílias foram levadas ao hotel Sheraton de Nairóbi, mas disseram que ainda estão esperando informações dos funcionários da companhia aérea oito horas após o acidente.

    ETHIOPIAN AIRLINES

    De acordo com as regras internacionais, a responsabilidade por liderar as investigações é da Etiópia, mas o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos (NTSB) também vai participar, porque o avião foi projetado e construído nos Estados Unidos.

    Representantes da Boeing e da fabricante de motores CFM, uma joint venture entre a General Electric e a francesa Safran SA, vão aconselhar o NTSB.

    A estatal etíope é uma das maiores companhias aéreas do continente em tamanho de frota. O avião estava entre seis dos 30 Boeing 737 MAX 8 encomendados pela companhia, que está em rápida expansão.

    A frota continuará operando, uma vez que a causa não está clara, disse o CEO.

    Seu último grande acidente foi em janeiro de 2010, quando um voo de Beirute caiu logo após a decolagem, matando todas as 90 pessoas a bordo. Os libaneses disseram que foi uma falha do piloto, o que foi contestado pela companhia.

    (Reportagem adicional por Hereward Holland, Omar Mohammed, Katharine Houreld, Aaron Maasho, Tiksa Negeri, Tim Hepher, Jamie Freed, Allison Lampert e Jane Merriman)

    1

    0

    116

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Novo governo do México prepara venda de avião de ex-presidente

    Novo governo do México prepara venda de avião de ex-presidente

    Por David Alire Garcia

    CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O avião luxuoso usado para transportar o ex-presidente do México ao redor do mundo está prestes a partir em definitivo, uma das primeiras medidas do novo presidente para combater o que ele criticou como um símbolo imponente do excesso.

    'Estamos vendendo todos os aviões e helicópteros que os políticos corruptos usavam', disse o presidente Andrés Manuel López Obrador em um evento realizado em Xalapa, no Estado de Veracruz, ao final de seu primeiro dia inteiro no cargo, no domingo. A multidão aprovou aos brados.

    O ministro das Finanças, Carlos Urzúa, convocou uma coletiva de imprensa na Cidade do México na manhã de domingo diante do Boeing 787 Dreamliner para anunciar que 'muito em breve' a aeronave será posta à venda.

    Depois equipes de fotógrafos e cinegrafistas foram conduzidas ao avião para verem por si mesmas o interior espaçoso decorado com selos oficiais do governo nas paredes e monitores de tela plana, além do quarto presidencial e do que parecia ser um banheiro decorado com mármore.

    O jato presidencial de 218 milhões de dólares adquirido no final de 2012 é um de 60 aviões do governo que serão vendidos, além de 70 helicópteros, disse Urzúa.

    Nesta segunda-feira ele será levado ao aeroporto de Victorville, no sul do Estado norte-americano da Califórnia, por recomendação da Boeing enquanto espera por um novo proprietário, segundo um comunicado do Ministério das Finanças.

    No evento, López Obrador mencionou outras promessas de campanha populistas que cumpriu, como o fim das pensões de ex-presidentes e cortes no salário de funcionários de alto escalão do governo que ele descreveu como economias significativas.

    Na manhã de sábado, pouco antes de sua posse, o político veterano de esquerda ordenou a abertura das portas de Los Pinos, a opulenta residência ocupada pelos presidentes mexicanos há oito décadas.

    Famílias relaxaram nos jardins, correram pelos corredores para espiar escritórios e quartos e ouviram conjuntos musicais convidados para tocar.

    Conhecido por sua vida frugal, López Obrador disse muitas vezes que não morará em Los Pinos, preferindo converter a ampla propriedade em um centro cultural.

    López Obrador venceu a eleição com grande vantagem em parte por ter capitalizado o descontentamento generalizado com a elite governante do país, vista por muitos como alienada e profundamente corrupta.

    0

    0

    38

    4 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Indonésia acredita ter encontrado fuselagem e caixa-preta de avião

    Indonésia acredita ter encontrado fuselagem e caixa-preta de avião

    Por Cindy Silviana e Agustinus Beo Da Costa

    JACARTA (Reuters) - Equipes de busca e resgate da Indonésia detectaram um sinal submarino que acreditam ser da caixa-preta de um avião que caiu com 189 pessoas a bordo no início da semana, informou o chefe das Forças Armadas do país nesta quarta-feira.

    A torre de controle perdeu contato com o voo JT610, da companhia aérea indonésia de baixo custo Lion Air, 13 minutos depois que o avião Boeing 737 MAX 8 decolou na manhã de segunda-feira de Jacarta a caminho da cidade de Pangkal Pinang.

    Não houve sobreviventes.

    O chefe das Forças Armadas, Hadi Tjahjanto, disse que mergulhadores já estão a caminho do local onde o sinal foi detectado por equipes de busca e resgate na noite de terça-feira, mas que estão enfrentando fortes correntezas.

    'Nós esperamos conseguir jogar a âncora e lançar o ROV (Veículo Submarino Operado Remotamente) novamente hoje e tenho certeza de que iremos encontrar uma caixa-preta, dada à forte indicação e, não muito longe, o corpo principal do avião', disse Tjahjanto.

    O chefe da agência de busca e resgate, Muhammad Syaugi, disse que a correnteza estava tão forte que moveu uma grande embarcação, e que os esforços também estão sendo prejudicados pela presença de gasodutos e oleodutos nas proximidades.

    Syaugi disse acreditar que a fuselagem está localizada 400 metros ao nordeste de onde o avião perdeu contato e a profundidade de 32 metros. Se encontrada, a fuselagem será suspensa utilizando um guindaste, porque é provável que muitos corpos estejam presos dentro da estrutura, disse.

    O acidente é o primeiro envolvendo o bastante vendido avião Boeing 737 MAX, uma versão atualizada e com menor consumo de combustível da aeronave de corredor único da fabricante.

    0

    0

    52

    5 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Passageiros e tripulantes sobrevivem a queda de avião no mar da Micronésia

    Passageiros e tripulantes sobrevivem a queda de avião no mar da Micronésia

    SYDNEY (Reuters) - Uma frota de barcos pequenos resgatou todos os 47 passageiros e tripulantes de um voo da Air Niugini que caiu no mar a pouca distância da pista de um aeroporto da Micronésia, pequena nação do sul do Pacífico, nesta sexta-feira, informou a administração do aeroporto.

    'Ele deveria pousar, mas ao invés de pousar se desviou 150 metros e caiu', disse Jimmy Emilio, gerente-geral do Aeroporto Chuuk de Weno, na Micronésia, à Reuters por telefone.'Não sabemos exatamente o que aconteceu... as pessoas foram resgatadas de barco -- 36 passageiros e 11 tripulantes foram todos resgatados, só o avião está afundando agora'.O Boeing 737-800 caiu na lagoa que cerca a pequena ilha perto das 9h30 locais, disse Emilio.Passageiros e tripulantes foram hospitalizados e oito estão internados, quatro em estado grave devido a fraturas ósseas e outros ferimentos, de acordo com o porta-voz de um hospital.

    'Achei que só tínhamos pousado com força até ver um buraco na lateral do avião e água entrando', disse o passageiro Bill Jaynes em um vídeo publicado no site do Pacific Daily News.'Pensei 'bom, não é assim que deveria acontecer'', disse, acrescentando que a água estava na altura da cintura dentro da aeronave quando o socorro chegou.Vídeos publicados na internet pela Rádio Nova Zelândia e fotos postadas no Twitter mostraram o avião meio submerso cercado por pequenas lanchas de patrulha.A Air Niugini disse em um comunicado que 'o clima estava muito ruim, com chuva forte e visibilidade reduzida no momento do incidente'.Um porta-voz da Comissão de Investigação de Acidentes de Papua Nova Guiné disse que investigadores voarão ao local assim que possível para determinar o que aconteceu.Em 2013 todos os 101 passageiros a bordo de um voo da Lion Air que ultrapassou a pista de Denpasar, na Indonésia, e pousou em águas rasas também foram resgatados ilesos por barcos.(Por Tom Westbrook)

    0

    0

    128

    6 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. aviao

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.