alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE bancodobrasil

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Desembolso do BB para safra cresce 20%; linhas do governo podem ficar sem recursos

    Desembolso do BB para safra cresce 20%; linhas do governo podem ficar sem recursos

    Por José Roberto Gomes

    SÃO PAULO (Reuters) - Os desembolsos do Banco do Brasil em crédito para a safra 2018/19 cresceram 20 por centro entre julho e outubro deste ano na comparação com igual período de 2017, em meio a um 'cenário positivo de produção e preço', disse nesta terça-feira o vice-presidente de Agronegócios da instituição, Tarcísio Hübner.

    Ao mesmo tempo, ele notou que algumas linhas do governamental Plano Safra, especialmente as direcionadas para investimentos e compras de máquinas e equipamentos, podem ficar sem recursos.

    'A demanda por recursos está forte. Temos visto um desembolso significativo', afirmou ele no intervalo de evento do setor em São Paulo, destacando que mesmo adversidades como tabelamento de fretes e tensões comerciais no exterior não têm reduzido o ânimo dos agricultores.

    'O produtor brasileiro é um campeão.'

    Líder em crédito rural no país, o Banco do Brasil está oferecendo neste ano cerca de 103 bilhões de reais em linhas de custeio e investimento de safra, disse o executivo.

    Segundo Hübner, o apetite dos produtores está forte por recursos voltados à tecnologia e ampliação de áreas, principalmente de soja.

    Maior exportador global da oleaginosa, o Brasil está plantando um recorde de mais de 36 milhões de hectares com a commodity neste ano, conforme dados do governo.

    A semeadura avançada, já praticamente encerrada em Mato Grosso, o maior produtor nacional, melhora o cenário para a segunda safra, a safrinha, colhida em meados do próximo ano e composta principalmente por milho, avaliou Hübner.

    O algodão segunda safra em Mato Grosso também demandará mais investimentos, com um esperado aumento de área. Ao todo, os mato-grossenses vão aumentar o plantio da pluma em 18 por cento em 2018/19, para um recorde de 937,8 mil hectares, impulsionados pelos bons preços da commodity, informou na véspera o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

    RECURSOS ESCASSOS

    O vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil comentou ainda que a demanda também está aquecida pelo Moderfrota, financiamento para aquisição de tratores, colheitadeiras, plantadeiras, dentre outros equipamentos.

    Ele não descartou uma eventual falta de recursos dessa linha até o fim do Plano Safra 2018/19, em 30 de junho de 2019.

    No caso do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), os recursos já foram esgotados.

    'O FCO, uma grande fonte para abastecer o Centro-Oeste, pela primeira vez desde 2013, os recursos já foram todos utilizados', acrescentou Hübner.

    No atual ciclo 2018/19, o governo brasileiro oferecerá um total de 194,37 bilhões de reais dentro do Plano Safra, superando em cerca de 2 por cento os 190,25 bilhões da temporada anterior, enquanto as principais taxas de juros foram reduzidas em 1,5 ponto percentual.

    Do total do plano, cujo maior montante é financiado pelo BB, serão 191,1 bilhões de reais para custeio e investimentos. O programa prevê ainda 2,6 bilhões para o apoio à comercialização (Aquisição do Governo Federal, contratos de opções, PEP e Pepro) e 600 milhões para subvenção ao seguro rural.

    Um representante do Ministério da Agricultura no mesmo evento, o secretário de Defesa Agropecuária da pasta, Luis Eduardo Rangel, disse que já vê uma sinalização para aumento de recursos de crédito rural no próximo Plano Safra, o 2019/20.

    Mas Rangel não elaborou, afirmando apenas que há discussões sobre o orçamento do próximo ano.

    (Por José Roberto Gomes)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Banco do Brasil tem lucro de R$3,4 bi no 3º tri; reduz previsão para margem financeira no ano

    Banco do Brasil tem lucro de R$3,4 bi no 3º tri; reduz previsão para margem financeira no ano

    SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil SA divulgou nesta quinta-feira lucro no terceiro trimestre praticamente em linha com as expectativas dos analistas, mas previu uma queda mais acentuada na margem financeira bruta neste ano, por um crescimento mais fraco do crédito.

    O lucro líquido recorrente, que exclui itens extraordinários, ficou em 3,402 bilhões de reais, 25,6 por cento acima do resultado no mesmo período anterior e 2 por cento superior à estimativa compilado pela Refinitiv de 3,334 bilhões de reais, ajudado pela queda nas provisões para empréstimos duvidosos.

    A carteira de crédito ampliada do banco permaneceu praticamente estável no trimestre, atingindo 686,3 bilhões de reais.

    O BB disse que espera uma queda na margem financeira bruta no ano de 6,5 e 5 por cento, ante previsão anterior de estabilidade à queda de até 5 por cento.

    Em agosto, o diretor financeiro, Bernardo Rothe, disse que o crescimento da margem financeira bruta seria retomado em 2019.

    O índice de inadimplência de 90 dias do banco diminuiu 0,5 ponto percentual no trimestre, para 2,83 por cento.

    O retorno sobre o patrimônio líquido subiu 0,5 ponto percentual em relação ao trimestre anterior para 14,3 por cento e superou uma estimativa compilada pelo Refinitiv de 13,1 por cento.

    O novo diretor-presidente, Marcelo Labuto, fará uma coletiva de imprensa sobre os resultados nesta quinta-feira. O ex-CEO Paulo Caffarelli deixou o banco em 1º de novembro após aceitar uma oferta para se tornar executivo-chefe da Cielo SA .

    (Por Carolina Mandl)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. bancodobrasil

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.