alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE braxser

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Brasil vence Sérvia por 2 x 0 e avança em 1º do grupo para enfrentar México nas oitavas de final

    Brasil vence Sérvia por 2 x 0 e avança em 1º do grupo para enfrentar México nas oitavas de final

    (Reuters) - A seleção brasileira venceu a Sérvia por 2 x 0 em seu último jogo pela fase de grupos da Copa do Mundo e se classificou com o primeiro lugar do Grupo E para enfrentar o México nas oitavas de final do Mundial, em partida nesta quarta-feira em que fez sua melhor apresentação até o momento na Rússia, ainda que não tenha sido brilhante.

    Paulinho abriu o marcador aos 36 minutos do primeiro tempo com um toque de categoria por cima do goleiro sérvio, e Thiago Silva ampliou de cabeça na etapa final de um jogo que começou preocupante devido à substituição por contusão do lateral-esquerdo Marcelo com menos de 10 minutos.

    A seleção brasileira voltará a campo no dia 2 de julho para o duelo pela fase de mata-mata contra os mexicanos, que se classificaram mais cedo nesta quarta em segundo lugar do Grupo F apesar de uma derrota por 3 x 0 para a Suécia. Nessa chave, a atual campeã mundial Alemanha foi eliminada.

    A segunda posição do Grupo E ficou com a Suíça, que empatou por 2 x 2 com a já eliminada Costa Rica na outra partida da chave e agora enfrentará a Suécia nas oitavas. O Brasil terminou com 7 pontos, contra 5 da Suíça, 3 da Sérvia e 1 da Costa Rica.

    O Brasil, que se classificaria até mesmo com um empate contra os sérvios, entrou em campo no Estádio do Spartak, em Moscou, ainda sem ter feito uma grande exibição na Rússia, após o empate por 1 x 1 com a Suíça na estreia e a vitória por 2 x 0 sobre a Costa Rica com dois gols marcados nos acréscimos.

    Logo no primeiro minuto, Neymar avançou com a bola dominada e rolou para Philippe Coutinho, que bateu da entrada da área, mas a bola acertou Gabriel Jesus, que estava impedido. Pouco depois Jesus recebeu lançamento, mas estava novamente em posição irregular.

    Enquanto a Sérvia apostava somente nas bolas cruzadas pelo alto para dentro da área, apostando na maior estatura de seus jogadores, o Brasil tinha em Neymar e Coutinho suas principais esperanças de chegar ao gol.

    Um passe em profundidade do camisa 10 colocou Jesus em boa condição de marcar, mas o atacante teve o chute desviado pela defesa após cortar o zagueiro para bater de direita.

    Outra jogada em profundidade, dessa vez um lançamento pelo alto de Coutinho para Paulinho, resultou no primeiro gol brasileiro. O volante do Barcelona veio por trás da defesa e tocou por cima do goleiro Stojkovic para abrir o marcador.

    Depois de um primeiro tempo praticamente sem ter seu gol ameaçado, o Brasil precisou que Thiago Silva salvasse duas bolas dentro da área no início da segunda etapa em um momento de intensa pressão dos sérvios, que partiram para o tudo ou nada em busca de evitar a eliminação.

    O goleiro Alisson também fez boas defesas, a principal delas em cabeçada do atacante sérvio Mitrovic.

    Para lidar com a pressão sérvia, o técnico Tite trocou Paulinho por Fernandinho, mas o que abalou o impulso ofensivo dos sérvios foi o segundo gol brasileiro, marcado por Thiago Silva, de cabeça, após cobrança de escanteio de Neymar, aos 23 minutos.

    A partir do segundo gol a seleção brasileira passou a administrar o resultado trocando passes na intermediária, e Tite ainda reforçou a marcação no meio-campo com a entrada de Renato Augusto no lugar de Coutinho.

    Neymar, que assim como o restante do time brasileiro teve sua melhor atuação nesse Mundial, ainda teve duas boas chances de fazer o terceiro gol do Brasil ao ficar cara a cara com o goleiro, mas teve suas finalizações defendidas por Stojkovic.

    (Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Capitão da Sérvia vê confronto com Brasil como chance única na carreira

    Capitão da Sérvia vê confronto com Brasil como chance única na carreira

    Por Brian Homewood

    MOSCOU (Reuters) - O capitão da Sérvia, Aleksandar Kolarov, deixou claro nesta terça-feira o quanto a Copa do Mundo significa para os jogadores da seleção do seu país, dizendo que o jogo contra o Brasil será uma oportunidade única na carreira.

    A Sérvia está em terceiro lugar no Grupo E com três pontos, um atrás do Brasil e da Suíça, e precisa vencer a seleção brasileira na quarta-feira para se classificar sem depender do resultado da partida entre Suíça e Costa Rica, que será disputada simultaneamente.

    Kolarov, que é bicampeão inglês com o Manchester City, disse que nada se compara a representar seu país na arena mundial.

    Estou me aproximando do final da minha carreira, e este será o jogo mais importante da minha carreira , disse ele a repórteres. Os jogadores sabem do que se trata. Este é um palco global, é uma oportunidade única na carreira para brilhar . Você sempre quer jogar com os melhores do mundo... você tem que testar a si mesmo contra os melhores, e tenho certeza de que estaremos preparados para isso e que aproveitaremos o momento .O técnico sérvio, Mladen Krstajic, também mostrou espírito combativo. Não temos medo do Brasil, mas temos que ser pacientes, disciplinados e jogar como um time , disse. Temos que satisfazer a nação sérvia . Mostramos que temos qualidade, temos uma mistura de jogadores experientes e rapazes jovens que jogarão outros 10 anos para nossa seleção . Não temos nada a perder, mas se não estivermos prontos para dar tudo, teremos perdido... você pode perder, mas não pode fugir de sua responsabilidade .

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tite mantém equipe e prepara Brasil para jogo aéreo da Sérvia

    Tite mantém equipe e prepara Brasil para jogo aéreo da Sérvia

    (Reuters) - O Brasil vai entrar em campo no jogo decisivo contra a Sérvia na quarta-feira com a mesma formação que venceu a Costa Rica com gols nos acréscimos, revelou o técnico Tite, garantindo que o time está preparado para enfrentar o jogo aéreo da rival e avançar para a próxima fase da Copa do Mundo.

    Apesar de especulações sobre mudança na equipe, Tite manteve Willian, Gabriel Jesus e Paulinho, que ainda não renderam o esperado na Copa. Sem poder contar com Danilo, que se recupera de lesão, Fagner foi mantido na lateral direita.

    “A equipe é a mesma“, disse ele em entrevista coletiva nesta terça-feira.

    O time da Sérvia precisa da vitória para avançar à próxima fase, enquanto o Brasil joga por um empate na última partida do Grupo E. Por isso, o jogo tem um caráter decisivo. Os sérvios, cerca de 10 centímetros mais altos em média que os brasileiros, devem explorar o jogo aéreo contra o Brasil.

    ”Temos a condição de poder neutralizar, evitar situações próximas, de faltas laterais, encurtar ou bloquear, e tirar proveito de alguma situação. Uma altura maior vai perder alguma coisa, a vida é assim“, disse o treinador.

    Ele escolheu o zagueiro Miranda para ser capitão, depois de Marcelo e Thiago Silva usarem a braçadeira nos dois primeiros jogos.

    Miranda acredita que o time está preparado para a decisão com a Sérvia. “A seleção sabe lidar com essa pressão e estamos habituados. Só uma vitória para lidar com esse tipo de circunstância”, declarou o capitão.

    Tem lado técnico, físico e emocional, e chegamos muito bem preparados ... estamos preparados para bola parada e sabemos que esse é um forte deles e que a bola parada pode definir um jogo.”

    O técnico brasileiro minimizou a pressão para que o Brasil avance à próxima fase da Copa. O país é o único que participou de todos os mundiais e nunca caiu numa 1ª fase. “Essa equipe está calejada suficientemente para jogos importantes”, analisou.

    EMOÇÃO X DESEQUILÍBRIO

    Após a suada vitória sobre a Costa Rica, o atacante Neymar desabou a chorar no meio-campo, e o debate sobre a pressão emocional emergiu mais uma vez na seleção, depois que o desequilíbrio emocional foi apontado como uma das causas do fracasso do Brasil no Mundial de 2014.

    Tite disse que não é contra o choro e defende o equilíbrio das emoções dos jogadores.

    “Quero colocar para toda nação brasileira. No primeiro jogo com Equador (o primeiro do técnico no comando da seleção), o Tite chorou e chorei quando liguei para minha esposa de prazer e orgulho...razão e emoção têm que estar equilibradas... mas emoção não pode ser vista como momento de desequilíbrio“, avaliou.

    Neymar, segundo o treinador, está evoluindo fisicamente, mas ainda não está 100 por cento no seu padrão ideal.

    “Talvez mais um jogo ele esteja em sua plenitude. Não é dada a ele responsabilidade excessiva em cima de sucesso e insucesso. Cada um de nós tem sua responsabilidade, o conjunto resolve , declarou.

    Apesar da confiança, Tite quer evitar que a Sérvia se torne mais um trauma na sua vitoriosa carreira. Em 2011, quando comandava o Corinthians, o trauma veio do frágil Tolima, da Colômbia, que eliminou o time brasileiro ainda na pré-Libertadores.

    “Pode (ser um Tolima). Todas as situações são possíveis. E eu não as descarto, mas trago aprendizado do passado”, analisou. “Aquilo que não tinha contra o Tolima, hoje tenho forte. Mas pode ser. É da vida , finalizou.

    O Brasil vai jogar contra a Sérvia com Alisson, Fagner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.

    (Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. braxser

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.