alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE espionagem

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Chefe da agência de espionagem russa acusada de envenenamento no Reino Unido morre aos 62 anos

    Chefe da agência de espionagem russa acusada de envenenamento no Reino Unido morre aos 62 anos

    Por Andrew Osborn e Maria Tsvetkova

    MOSCOU (Reuters) - O chefe da agência de inteligência militar da Rússia que o Ocidente culpou por uma série de ataques ousados morreu na quarta-feira após uma 'doença séria e longa', informou o Ministério da Defesa russo.

    Citando o ministério, a agência estatal de notícias Tass disse que Igor Korobov, de 62 anos, que comandava a agência de espionagem GRU desde 2016, foi declarado Herói da Rússia, a maior honraria concedida pelo Estado, por seus serviços no cargo.

    O Reino Unido acusou a GRU de tentar envenenar o ex-espião russo Sergei Skripal e a filha dele com um agente nervoso na cidade de Salisbury, a Holanda disse que a GRU tentou uma invasão cibernética à agência global de armas químicas, e agências de inteligência dos Estados Unidos acusaram a agência de espionagem russa de tentar interferir ciberneticamente na eleição presidencial de 2016.

    A Rússia nega todas estas acusações.

    As especulações sobre o destino de Korobov vinham crescendo desde que uma reportagem da mídia russa disse que ele foi convocado pelo presidente Vladimir Putin após o caso Skripal e criticado duramente pela operação, que não eliminou os Skripal e tornou a GRU um alvo de deboche na mídia ocidental.

    Neste mês Korobov não compareceu a uma cerimônia em Moscou na qual Putin e outras autoridades de alto escalão comemoraram o centenário da GRU e na qual o líder russo louvou a capacidade e 'habilidades únicas' desta.

    Agentes da entidade deram um exemplo para uma geração futura de espiões militares, disse Putin, ele mesmo um ex-agente de inteligência, citando sua prontidão para sacrificar tudo 'pela pátria-mãe'.

    Em março os EUA incluíram Korobov em uma lista negra de sanções contra pessoas que se acredita terem 'minado a segurança cibernética em nome do governo russo'.

    Korobov era um militar soviético veterano que atuou na Força Aérea e, segundo sua biografia oficial, começou a trabalhar para a GRU em 1985.

    A GRU, criada como um diretório de registro em 1918, após a revolução bolchevique, é uma das três principais agências de inteligência da Rússia, ao lado do Serviço Federal de Segurança e do Serviço de Inteligência Estrangeira (SVR).

    1

    0

    12

    3 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia China sugere a Trump que use celular Huawei se temer invasão de iPhone

    China sugere a Trump que use celular Huawei se temer invasão de iPhone

    PEQUIM (Reuters) - O Ministério de Relações Exteriores da China tem algumas sugestões para o governo de Donald Trump caso este se preocupe com a possível espionagem estrangeira no iPhone do presidente dos Estados Unidos: use um celular Huawei ou corte totalmente as relações com o mundo exterior.

    O comentário foi uma resposta a uma reportagem do New York Times segundo a qual espiões chineses e russos ouviram Trump às escondidas quando ele usou seu celular inseguro da Apple para fofocar com velhos amigos.

    'Lendo a reportagem sinto que hoje, nos Estados Unidos, realmente há pessoas dando o máximo de si para ganharem o Oscar de melhor roteiro', disse a porta-voz da chancelaria chinesa Hua Chunying em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

    Essas reportagens são 'prova de que o New York Times escreve notícias falsas', disse ela, acrescentando duas sugestões aparentemente dirigidas à gestão Trump.

    'Se eles realmente estão muito receosos de os telefones da Apple serem invadidos, podem passar a usar Huawei', afirmou, referindo-se à maior fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicação.

    'Se mesmo assim não estiverem sossegados, então, para poderem ter um aparelho inteiramente seguro, podem parar de usar todas as formas de comunicação moderna e cortar todos os laços com o mundo exterior'.

    O NYT noticiou que os assessores de Trump o alertaram várias vezes que suas ligações pelo celular não são seguras, mas que o presidente se recusa a não fazê-las.

    O jornal citou autoridades dos EUA segundo as quais a China tem uma abordagem sofisticada para as ligações presidenciais interceptadas pelo celular e que está tentando usá-las para saber o que Trump pensa, quem ouve e como influenciá-lo melhor.

    Pequim, em particular, está tentando usar o que descobre para evitar que a atual guerra comercial entre os dois países se agrave, segundo o jornal.

    Neste ano surgiram vários questionamentos sobre a vigilância de celulares na área de Washington. O Departamento de Segurança Interna disse em uma carta enviada a vários senadores em março que observou atividades na capital que são características de ladrões de identidade de aparelhos portáteis.

    (Por Christian Shepherd, em Pequim, e David Alexander, em Washington)

    0

    0

    28

    4 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. espionagem

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.