alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE impasse

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Impasse entre Irã e EUA é 'choque de vontades', diz comandante da Guarda Revolucionária

    Impasse entre Irã e EUA é 'choque de vontades', diz comandante da Guarda Revolucionária

    GENEBRA (Reuters) - O impasse entre o Irã e os Estados Unidos é um 'choque de vontades', disse um comandante de alto escalão da Guarda Revolucionária iraniana nesta quinta-feira, insinuando que qualquer inimigo que se 'aventurar' enfrentará uma reação esmagadora, relatou a agência de notícias Fars.

    As tensões entre os dois países aumentaram depois que os EUA enviaram mais forças militares ao Oriente Médio, em uma demonstração de força contra o que autoridades norte-americanas dizem ser ameaças iranianas às suas tropas e seus interesses na região.

    'O confronto e o enfrentamento da República Islâmica do Irã e do governo maligno da América é a arena de um choque de vontades', disse o chefe do Estado Maior das Forças Armadas do Irã, general Mohammad Baqeri.

    Ele lembrou uma batalha da Guerra Irã-Iraque de 1980 a 1988 na qual seu país foi vitorioso e disse que o desfecho poderia ser a mensagem de que o Irã terá uma 'reação dura, esmagadora e aniquiladora' contra qualquer inimigo que se 'aventurar

    No domingo, o presidente dos EUA, Donald Trump, tuitou: 'Se o Irã quiser lutar, esse será o fim oficial do Irã. Nunca mais ameacem os Estados Unidos!'

    Trump restaurou as sanções a Teerã no ano passado e as intensificou neste mês, ordenando que todos os países parem de importar petróleo iraniano se não quiserem enfrentar suas próprias sanções.

    Ele quer que o regime se sente para negociar um novo acordo com mais restrições aos seus programas nuclear e de mísseis.

    Reiterando a postura do Irã, o porta-voz do Supremo Conselho de Segurança Nacional disse nesta quinta-feira que 'não haverá nenhuma negociação entre o Irã e a América'.

    Segundo citações da emissora estatal, Keyvan Khosravi também disse que algumas autoridades de vários países visitaram o Irã recentemente, 'a maioria representando os Estados Unidos'.

    Ele não detalhou, mas o ministro das Relações Exteriores de Omã, que já ajudou a encaminhar negociações entre o Irã e os EUA, visitou Teerã na segunda-feira.

    'Sem exceção, a mensagem de poder e resistência da nação iraniana foi transmitida a eles', disse.

    Em Berlim, uma fonte diplomática alemã disse à Reuters que Jens Ploetner, diretor político da chancelaria da Alemanha, está em Teerã nesta quinta-feira para se reunir com autoridades iranianas para tentar preservar o acordo nuclear firmado com o Irã em 2015 e diminuir as tensões na região.

    (Por Babak Dehghanpisheh, em Genebra, e Bozorgmehr Sharafedin, em Londres)

    17

    3 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia CNJ recebe 8 procedimentos contra desembargador do TRF-4 que tentou soltar Lula

    CNJ recebe 8 procedimentos contra desembargador do TRF-4 que tentou soltar Lula

    Por Ricardo Brito

    BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recebeu até o início da tarde desta segunda-feira oito procedimentos que questionam a conduta do desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) Rogério Favreto, que na véspera, durante seu plantão naquela corte, tomou decisões em caráter liminar para libertar da prisão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    Após uma série de idas e vindas sobre a situação do petista, o presidente do TRF-4, desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores atendeu a pedido do Ministério Público Federal e manteve o ex-presidente preso. Ele cumpre pena desde abril após ter sido condenado no caso do tríplex do Guarujá.

    Favreto -que tomou as decisões durante sua atuação como plantonista do tribunal- chegou a conceder habeas corpus para libertar Lula sob o argumento de que havia um fato novo -- a pré-candidatura do petista à Presidência da República.

    O desembargador responsável por essa posição já foi alvo de cinco reclamações disciplinares, dois pedidos de providência e uma representação por excesso de prazo. Há reclamações propostas pelo deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) e pelo Partido Novo -uma delas já foi arquivada.

    Segundo a assessoria de imprensa do CNJ, esses pedidos seguem para análise da Corregedoria do CNJ, que não tem prazo para concluir a instrução do caso. Da análise dos procedimentos, pode ser aberto um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o magistrado, que, por sua vez, pode culminar em punições, que vão de advertência até a aposentadoria compulsória.

    O juiz federal Sérgio Moro, responsável por conduzir a operação Lava Jato em Curitiba, também se tornou alvo um uma reclamação disciplinar. Moro -que estava em férias- manifestou-se durante o impasse e chegou a afirmar que Favreto não tinha competência legal para atuar no caso. O desembargador disse que Moro descumpriu a decisão judicial de libertar Lula -posteriormente cassada pelo presidente do TRF-4.

    39

    11 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. impasse

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.