alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE imposto

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tesouro dos EUA diz que 'analisará lei' sobre pedidos por declarações de imposto de Trump

    Tesouro dos EUA diz que 'analisará lei' sobre pedidos por declarações de imposto de Trump

    WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta segunda-feira que seguirá a lei no tocante ao pedido do Congresso pelas declarações de Imposto de Renda do presidente Donald Trump, mas reiterou seus receios sobre a exigência dos parlamentares pelos documentos.

    'Estamos analisando a lei, estamos consultando o Departamento de Justiça', disse Mnuchin em uma entrevista à Fox Business Network.

    Democratas do Congresso e o governo Trump travarão uma batalha legal, já que o presidente do Comitê de Verbas da Câmara dos Deputados, Richard Neal, impôs o prazo de 23 de abril para a entrega dos documentos.

    'Seguirei a lei', afirmou Mnuchin ao canal a cabo, acrescentando que também analisará 'questões constitucionais' correlatas atentamente – ele está envolvido na decisão porque seu departamento supervisiona a Receita Federal dos EUA.

    Mnuchin reiterou seu receio de que a exigência dos democratas transforme a Receita Federal em uma ferramenta de disputas políticas.

    Trump rompeu com décadas de tradição ao não divulgar suas declarações de Imposto de Renda ao concorrer à Casa Branca em 2016, quando foi eleito.

    Na semana passada, o presidente disse que as pessoas não se importam com suas declarações de imposto e repetiu que as divulgaria se elas não estivessem sendo auditadas pela Receita Federal, mas sem oferecer provas disso. Especialistas em impostos disseram que tal auditoria não impediria um indivíduo de divulgar suas declarações.

    (Por Susan Heavey e Makini Brice)

    0

    0

    15

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Macron revoga aumentos de combustíveis em reação a protestos dos 'coletes amarelos'

    Macron revoga aumentos de combustíveis em reação a protestos dos 'coletes amarelos'

    Por Simon Carraud e Luke Baker

    PARIS (Reuters) - O primeiro-ministro da França suspendeu nesta terça-feira, por seis meses, os aumentos de impostos de combustíveis planejados, uma reação a semanas de protestos, às vezes violentos, no primeiro grande recuo do governo do presidente Emmanuel Macron depois de 18 meses de gestão.

    Ao anunciar a decisão, o premiê Édouard Philippe disse que qualquer um teria que 'ser surdo ou cego' para não ver ou ouvir a revolta nas ruas, causada por uma diretriz que Macron defendeu dizendo ser essencial no combate à mudança climática.

    'Os franceses que vestiram coletes amarelos querem que os impostos diminuam e que o trabalho remunere. Isso também é o que queremos. Se eu não consegui explicá-lo, se a maioria governista não conseguiu convencer os franceses, então algo precisa mudar', disse Philippe em um pronunciamento na televisão.

    Além do adiamento de seis meses na adoção dos impostos contra a emissão de carbono, Philippe disse que o período será usado para se debater outras medidas que ajudem os trabalhadores pobres que dependem de veículos para ter acesso ao trabalho e ao comércio.

    Anteriormente, autoridades haviam insinuado possíveis aumentos do salário mínimo, mas o premiê não sinalizou tal compromisso.

    Ele alertou os cidadãos, porém, de que não podem esperar serviços públicos melhores pagando menos impostos, e que, por isso, é preciso haver concessões dos dois lados.

    O movimento dos 'coletes amarelos', que começou em 17 de novembro como um grupo de protesto das redes sociais assim batizado devido aos coletes de grande visibilidade que todos os motoristas do país precisam ter em seus carros, se concentrou na denúncia da queda do padrão de vida provocada pelo impostos de Macron sobre os combustíveis.

    Mas, nas últimas três semanas, os protestos se transformaram em um levante anti-Macron mais abrangente, já que muitos criticam o presidente por propor políticas que dizem favorecer os ricos e não fazer nada para ajudar os pobres, e alguns grupos minoritários violentos estão pedindo a renúncia do líder francês.

    0

    1

    31

    5 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. imposto

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.