alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE internado

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Autor de facada em Bolsonaro é absolvido, mas ficará internado, presidente pretende recorrer

    Autor de facada em Bolsonaro é absolvido, mas ficará internado, presidente pretende recorrer

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - Adélio Bispo de Oliveira, o homem que deu uma facada no então candidato Jair Bolsonaro em setembro do ano passado, foi absolvido nesta sexta-feira por ter sido considerado portador de uma doença mental e, portanto, inimputável, ao mesmo tempo que a Justiça determinou que ele fique internado por tempo indeterminado.

    'Por se tratar de réu inimputável, ao invés de uma sentença condenatória, o Código de Processo Penal impõe, nesta hipótese, a absolvição imprópria do réu e a imposição de medida de segurança de internação, a ser cumprida em manicômio judiciário ou outro estabelecimento adequado', afirma nota da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG) sobre a sentença proferida pelo juiz Bruno Savino.

    'A partir deste contexto, Adélio Bispo de Oliveira foi absolvido impropriamente e, em consequência, lhe foi imposta medida de segurança por prazo indeterminado.'

    Ao deixar o Palácio da Alvorada rumo à base aérea de Brasília, de onde embarcaria para São Paulo para a abertura da Copa América entre Brasil e Bolívia, Bolsonaro disse que pretende recorrer da decisão que absolveu Adélio e estar certo de que o atentado teve um mandante.

    'Tentaram me assassinar, sim. Eu tenho a convicção de quem foi, mas não posso falar, não vou fazer pré-julgamenton de ninguém', disse o presidente a jornalistas.

    'Pretendo fazer (recorrer). Vou ver quanto custa, se der para pagar... Agora, eu não tenho dúvida que acertaram com o Adélio a tentativa de me matar', acrescentou.

    A nota da Justiça Federal afirma ainda que a eventual participação de outras pessoas no atentando contra o hoje presidente, quando fazia ato de campanha em Juiz de Fora, não foi alvo da ação penal e que está sendo investigada pela Polícia Federal,

    'O objeto desta ação penal cinge-se à atuação de Adélio Bispo de Oliveira no atentado pessoal praticado contra o atual presidente da República. A eventual participação de outras pessoas no atentado, como coautores ou partícipes, continua a ser investigada no âmbito do inquérito policial', afirma a nota.

    Desde o atentado, Bolsonaro tem chamado atenção para o fato de Adélio ter sido filiado ao PSOL antes do ataque e sugerido a possibilidade do envolvimento de outras pessoas no crime, que o levou a passar por cirurgias de reconstrução intestinal, a última delas já no início de seu mandato, para retirada de uma bolsa de colostomia.

    Nesta semana o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse que em uma reunião que Bolsonaro teve com o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o presidente pediu o aprofundamento das investigações sobre o atentado de setembro.

    78

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Autor de facada em Bolsonaro é absolvido por ter doença mental, mas ficará internado

    Autor de facada em Bolsonaro é absolvido por ter doença mental, mas ficará internado

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - Adélio Bispo de Oliveira, o homem que deu uma facada no então candidato Jair Bolsonaro em setembro do ano passado, foi absolvido nesta sexta-feira por ter sido considerado portador de uma doença mental e, portanto, inimputável, ao mesmo tempo que a Justiça determinou que ele fique internado por tempo indeterminado.

    'Por se tratar de réu inimputável, ao invés de uma sentença condenatória, o Código de Processo Penal impõe, nesta hipótese, a absolvição imprópria do réu e a imposição de medida de segurança de internação, a ser cumprida em manicômio judiciário ou outro estabelecimento adequado', afirma nota da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG) sobre a sentença proferida pelo juiz Bruno Savino.

    'A partir deste contexto, Adélio Bispo de Oliveira foi absolvido impropriamente e, em consequência, lhe foi imposta medida de segurança por prazo indeterminado.'

    A nota afirma ainda que a eventual participação de outras pessoas no atentando contra o hoje presidente, quando fazia ato de campanha em Juiz de Fora, não foi alvo da ação penal e que está sendo investigada pela Polícia Federal,

    'O objeto desta ação penal cinge-se à atuação de Adélio Bispo de Oliveira no atentado pessoal praticado contra o atual presidente da República. A eventual participação de outras pessoas no atentado, como coautores ou partícipes, continua a ser investigada no âmbito do inquérito policial', afirma a nota.

    Desde o atentado, Bolsonaro tem chamado atenção para o fato de Adélio ter sido filiado ao PSOL antes do ataque e sugerido a possibilidade do envolvimento de outras pessoas no crime, que o levou a passar por cirurgias de reconstrução intestinal, a última delas já no início de seu mandato, para retirada de uma bolsa de colostomia.

    Nesta semana o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse que em uma reunião que Bolsonaro teve com o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o presidente pediu o aprofundamento das investigações sobre o atentado de setembro.

    24

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Pelé é hospitalizado em Paris com infecção urinária, deve ter alta em dois dias

    Pelé é hospitalizado em Paris com infecção urinária, deve ter alta em dois dias

    Por Pedro Fonseca

    PARIS/RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ex-jogador Pelé foi internado em um hospital de Paris na noite de terça-feira depois de apresentar febre e exames detectaram quadro de infecção urinária, disse a assessoria de imprensa do Atleta do Século 20, acrescentando que Pelé deve receber alta em cerca de dois dias.

    'Ontem depois do jantar o Pelé estava um pouquinho trêmulo, febril, aí levamos ele no hospital e detectaram que ele estava com uma infecção urinária. Estão tratando com antibiótico, essa coisa toda, mas está tudo sob controle. A gente espera que mais uns dois dias de hospital ele tenha alta', disse à Reuters José Fornos Rodrigues, conhecido como Pepito, que é assessor de longa data de Pelé.

    Mais cedo, o site francês RMC Sport disse que Pelé, de 78 anos, foi levado a um hospital como 'precaução' ao apresentar febre alta depois de participar de um evento social na capital francesa com o jogador francês Kylian Mbappé.

    Em um possível sinal de que está se recuperando, Pelé escreveu no Twitter na tarde desta quarta: 'Estive com @KMbappe e seus pais ontem à noite, durante um evento da @Hublot em Paris. Falamos sobre gols, Copas do Mundo e relógios. Grande encontro!'

    Mais cedo, Mbappé escreveu na rede social: 'Tive nesta noite a chance de ter um momento único na vida com a lenda viva @Pele'.

    Pelé, apontado por muitos como o maior jogador de futebol da história, venceu a Copa do Mundo três vezes com a seleção brasileira, a primeira delas aos 17 anos em 1958. Depois viria a levantar novamente o troféu em 1962 e 1970. O brasileiro elogiou Mbappé no ano passado, quando o jovem francês impressionou na Copa do Mundo da Rússia com sua velocidade e gols.

    Mbappé se tornou o jogador mais jovem --com 19 anos-- a marcar dois gols num Mundial, depois de Pelé em 1958. Ele também se tornou o primeiro adolescente, desde Pelé, a marcar numa final de Copa.

    'Se o @KMbappe continuar a igualar os meus recordes assim, eu vou ter que tirar a poeira das minhas chuteiras novamente', escreveu Pelé no Twitter na ocasião.

    Mbappé respondeu: 'O Rei sempre será o Rei.'

    Pelé, que além da seleção brasileira também defendeu o Santos e o New York Cosmos ao longo de sua carreira, tem enfrentado uma série de problemas de saúde nos últimos anos.

    Em março do ano passado, ao ser homenageado no Fórum Econômico Mundial para a América Latina em São Paulo, o ex-jogador disse que ainda se recuperava de duas cirurgias no quadril que o deixaram “fora do jogo”.

    Além disso, Pelé já esteve hospitalizado nos últimos anos por problemas na próstata e no rim.

    (Reportagem adicional de Richard Lough e Sudip Kar-Gupta, em Paris)

    27

    2 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. internado

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.