alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE lancamentos

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Taylor Swift lança canção que pode ganhar o Oscar

    Taylor Swift lança canção que pode ganhar o Oscar

    Não é novidade, tudo o que Taylor Swift toca vira ouro. Com mais de 200 prêmios acumulados, incluindo 10 Grammys, a cantora consegue elevar qualquer composição que chegar até suas mãos.   
    Leia também: As músicas que devem ser indicadas ao Oscar 2020
     
    Mas como a cantora conseguiria chegar até a maior premiação de cinema do mundo? É simples, tudo o que ela precisaria seria um musical adaptado para as telonas. E foi isso o que ela conseguiu. Em meados de 2018, foi anunciado que o aclamado musical da Broadway, Cats, ganharia um filme.  
     
    Pouco tempo após o anúncio do longa-metragem, o elenco começou a ser divulgado e adivinhe? Taylor Swift estava nele. Além dela, nomes como James Corden, Jennifer Hudson e Idris Elba também foram confirmados. 
     
    Mas isso não bastaria, afinal, apenas canções originais podem concorrer ao Oscar. E como já previsto, este não seria um problema para Swift, dona de composições premiadas. Para alavancar suas chances, a cantora se uniu a Andrew Lloyd Webber, compositor com projetos invejáveis em seu currículo, como O Fantasma da Ópera, Jesus Cristo Superstar e... Cats!  
     
    O resultado da parceria resultou em Beautiful Ghosts. Com letra emocionante e performance bastante expressiva e teatral de Swift, a canção não é nada menos que um futuro sucesso já declarado.  
     
    Apesar da música ser interpretada por Francesca Hayward no filme, Taylor Swift fez questão de lançar uma versão em sua voz. Assim, caso a indicação ao Oscar ocorra, ela levará praticamente todo o crédito pelo feito, já que compôs e interpretou a canção.  
     
    Vale lembrar que há anos o Oscar tenta alavancar sua audiência, uma indicação com o nome de Taylor Swift seria o feito ideal para atrair um público maior. Confira abaixo um pouco do processo de produção de Beautiful Ghosts:

     

    11817

    3 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Harry Styles lança a polêmica Watermelon Sugar

    Harry Styles lança a polêmica Watermelon Sugar

    Depois de liberar Lights Up e há poucas semanas do lançamento de seu segundo álbum de estúdio, Harry Styles resolveu dar um novo gostinho de seu próximo projeto: o single Watermelon Sugar.   
    Leia também: Harry Styles libera Lights Up e lança campanha contra suicídio 
     
    Seguindo a linha setentista que o cantor adora, a canção tem tudo para ser seu mais novo hit. Com letra fácil e batida dançante, é difícil não ficar empolgado para saber o que mais Harry nos trará com o lançamento Fine Line.  
     
    Tudo seria apenas rosas se não fosse pelo significado da letra, que têm preocupado os fãs do cantor britânico. Isso porque Watermelon Sugar é o nome usado para um tipo de droga no dicionário urbano inglês. Para atenuar ainda mais o significado, Harry usa o termo junto da palavra “high” usada quando alguém está "chapado".  
     
    O tema agora preocupa fãs, intrigados com o fato do cantor poder estar passando por problemas com drogas. Trechos da canção como “eu não sei se poderia sair de casa sem você / Eu só quero sentir o gosto" atenuam a desconfiança de seu público.  
     
    Mesmo com a polêmica, Harry Styles parece estar tranquilo e apresentou a canção pela primeira vez na televisão americana, no programa de esquetes, Saturday Night Live (SNL). Na performance, o cantor parecia bastante animado, assista abaixo:
     

     Fine Line tem lançamento mundial marcado para 13 de dezembro e contará com 12 faixas, todas co-escritas por Harry.  

    9307

    3 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Crítica - Cadê você, Bernadette?

    Crítica - Cadê você, Bernadette?

    Em 2012, Maria Semple lançava seu aguardado livro Cadê você, Bernadette?” e surpreendia pela forma como conseguia prender o leitor à história, a facilidade parecia tanta. Sete anos depois, sua obra tomou forma de longa-metragem e chegou aos cinemas do mundo todo.  
    Leia também: Doutor Sono - Crítica sem spoilers
     
    Na trama, somos apresentados à Bernadette Fox, uma prestigiada arquiteta que possui um círculo social bastante seleto. Em outras palavras, Bernadette é solitária e não possui vínculo afetuoso com ninguém além de seu marido e sua filha. Ao ver suas paredes auto protetoras serem demolidas, a protagonista some. Ou melhor, some do mapa.  
     
    Mas como manter o carisma que a história demanda? Simples, basta contratar uma das maiores atriz de Hollywood, conhecida por dar vida à qualquer personagem com excelência. A escolha de Cate Blanchett para Bernadette Fox foi certeira, na verdade a melhor do longa.  
     
    Com uma atuação discreta, mas poderosa, Blanchett domina todas as facetas que a personagem demanda e apresenta ao público mais uma de suas entregas honrosas. A escolha da iniciante Emma Nelson para sua filha, Bee, também é certeira. A atriz, mesmo que estreante, consegue criar empatia com o público, que entende suas emoções e motivações.  
     
    Entretanto, o problema aparece quando começamos a falar de roteiro. Para quem leu o livro, ou assistiu ao trailer, fica claro que o grande mistério a ser solucionado é saber para onde Bernadette foi, afinal. Sabendo disso, é difícil compreender porque o diretor e roteirista decidiram adiar tanto o ato. Com 2h10min de filme, por mais de 1h30 o público é apresentado à rotina da arquiteta – que começa interessante, mas após meia hora se torna repetitiva. Além da apresentação de personagens que não possuem peso algum na trama do filme. Mas isso pode ser justificado com o histórico de produções dirigidas por Linklater, que tendem ser boas, porém arrastadas. 
     
    É compreensível que os produtores tenham decidido focar no problema mental da protagonista, porém, seria mais coerente criar uma história do zero, invés de mudar o foco e sentido de uma história já existente.  
     
    Apesar de suas falhas, o elenco consegue levar o filme, entregando boas performances. As paisagens apresentadas após o sumiço da personagem de Blanchett também são de agradar os olhos e faz o público esquecer por alguns bons minutos que a história não está saindo do lugar.  
     
    Cadê você, Bernadette? está em cartaz em todo o Brasil. Confira o trailer oficial abaixo: 

     

    2509

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Selena Gomez faz volta triunfal com “Lose You To Love Me”

    Selena Gomez faz volta triunfal com “Lose You To Love Me”

    Não há quem duvide do sucesso de Selena Gomez. A cantora americana de 27 anos se mantém nos holofotes mesmo sem protagonizar ou lançar nenhum álbum há quatro anos, todos querem saber dela.  
    Leia também: Selena Gomez é a artista da semana
     
    Seu último álbum, Revival (2015), rendeu ótimos hits dançantes como Hands to Myself e Same Old Love. E, desde então, Selena lançou dois singles experimentais – Bad Liar e Fetish – que foram muito bem recebidos pela crítica.  
     
    Em 2018, Selena lançou a faixa Back to You, canção que integrou a trilha sonora de segunda temporada de Thirteen Reasons Why, série que produz juntamente da plataforma de streaming, Netflix. Mesmo assim, nada de anúncio de um novo álbum ou ao menos um EP.  
     
    Depois de tanto vai e vem, os fãs da cantora já estavam quase que desanimando. Foi ai que a artista resolveu atender o desejo de seus mais de 158 milhões de seguidores no Instagram: Anunciou uma nova canção.  
     
    A composição leva o nome de Lose You To Love Me (te perder para me amar) e foi lançada na madrugada desta quarta-feira. Com letras bastante sensíveis, Selena Gomez fala sobre amor-próprio e a luta para finalmente colocá-lo em primeiro lugar. “Eu precisei te perder para me encontrar. Este jogo estava me matando aos poucos, eu precisei te odiar para me amar.” Selena desabafa no pré-refrão.  
     
    Já na descrição do clipe – filmado em p&b e bastante intimista – a cantora fez questão de deixar uma mensagem de apoio para todos que estejam passando pelo que a mesma passou: Esta canção foi inspirada em muitas das coisas que aconteceram na minha vida desde o lançamento de meu último álbum. Eu quero que as pessoas sintam esperança e saibam que todos vocês irão superar seus problemas, chegando ao outro lado mais fortes e como uma versão melhorada de vocês. 
     
    Leia também: Back To You, de Selena Gomez, é o lançamento da semana
     
    A faixa remete bastante à já lançada em 2014, The Heart Wants What it Wants, que fala sobre um relacionamento abusivo. Ambas também levantam rumores sobre a inspiração para as composições ser seu ex-namoro de longa data com o cantor canadense Justin Bieber.  
     
    Logo após o lançamento, Selena Gomez publicou em seu Instagram uma nota de agradecimento à Deus, vide a fé inabalável que a mesma tem. “Eu estou me deitando e agradecendo a Jesus... Onde meu Pai me trouxe e me colocou é exatamente onde eu devo estar. Ele me disse ‘Selena, aguente firma. Quando você se machuca, eu me machuco. Quando você chora, eu choro. Mas eu nunca, nunca mesmo, te deixarei sozinha. Trabalhe comigo, ande comigo e observe tudo que farei.’ Ele sempre me surpreende e eu me apaixono por Ele a cada instante. Em meus piores momentos, os mais horríveis e dolorosos, eu nunca deixei de me ajoelhar e precisar apenas de Seu amor. O inimigo continua a tentar me derrubar, mas isso simplesmente não vai acontecer. Nem hoje. Nem amanhã.” 
     
    Após tantos obstáculos, incluindo sua luta contra o Lúpus e seu transplante de rim, é ótimo ver Selena Gomez encontrar seu lugar na luz e toda a felicidade que tanto merece.  

     

    8002

    4 S

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. lancamentos

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.